segunda-feira, 17 de março de 2008

Binge Eating

Eu realmente preciso agradecer a cada comentário porque foi como se eu sentisse vocês aqui ao meu lado quando eu li. Sério, eu estava mesmo precisando de apoio e, mais uma vez, eu pude encontrar aqui, mesmo sendo um assunto totalmente off ao intuito dos blogs. Por isso eu agradeço de coração, me ajudaram muito!
Ainda tenho pesadelos e não ando mais sozinha a noite. De dia, eu tenho que andar, porque não tenho quem me acompanhe ao trabalho. Mas ando travada, com a impressão de estar sendo seguida. Só se passou uma semana... Espero que o tempo leve esse medo que eu estou sentindo.
Desculpem a demora pra atualizar. Mas a minha vida está uma bagunça, um horror! Eu não quero viver novamente tudo que eu vivi no ano passado!
Gostaria de vir com boas notícias, dizer que emagreci na semana que se passou. Mas eu engordei, e muito! Minha semana foi turbulenta, compulsão seguida de compulsão... Mas não foram simples compulsões, foram terríveis! Alguns dias eu gastei mais de R$50,00 só de comida! E ainda comia mais até tarde da noite em casa... E meus dias foram assim: comendo e vomitando o tempo todo! Chegava no fim do dia e eu estava completamente acabada! Garganta, pescoço, estômago... Eu quero parar. Eu juro que quero! Preciso parar de vomitar!
Ontem eu comi horrores também. Saí pra jantar com os meus pais e com a minha irmã. Minha irmã jurou que nunca mais sai com eles. Imaginem um ambiente tenso. Um pai calado, uma mãe tentando (sem sucesso) fazer com que todos conversassem e, no fim, acho que o esforço foi tanto que ela acabou se irritando e gritando com a gente também. No carro, óbvio. Ninguém mais falou. Tudo forçado demais! E o que a minha irmã disse é verdade: quando nós duas saimos com eles para aquelas festas idiotas da empresa do meu pai, a gente tem que sorrir o tempo todo e a gente realmente finge muito bem porque todo mundo pensa que o nosso convívio é perfeito... Cansei disso, de fingir que está tudo bem sempre. Decidi que não vou mais me esforçar pra me dar bem com o meu pai. A gente não se dá e ponto! E isso tá me chateando demais! (acho que deu pra perceber, desculpa estar alugando vocês com isso).
No meio disso tudo, eu levantei duas vezes enquanto nós comíamos e fui ao banheiro vomitar o que tinha comido. E voltava e comia mais (porque obviamente tinha muito espaço outra vez) e a minha mãe disse: "Não precisa comer tanto. Uma porção de batata dessa já é o suficiente". Claro, então porque ela continuava comendo se já era o suficiente? Depois que eu falo que ela tá gorda ela acha ruim... E aí vem me dizer também como eu engordei. Como se precisasse, como se eu não soubesse que estou enorme, gorda, nojenta!
Esse fim de semana, depois de não sei quantos meses, eu menstruei. Na verdade, desceu pra mim na sexta à noite, mas já não tem mais nada. Considero como menstruação porque não estava vindo nada de nada. Vai lá saber quando vem de novo... Vem um mês e depois pára de novo...
Estou me sentindo mais calma. Será que o fato de ter passado tão mal a semana passada tenha a ver com os meus hormônios? Tomara. Pelo menos estou desinchando. E acordei sem apetite. Só tomei café e chá. Essa semana eu vou passar à base de líquidos. Líquidos e sorvete, porque é fácil de vomitar. Desculpem mas, quando a coisa apertar, eu vou apelar pro sorvete, sim! :S
Um dia eu me livro dessa droga! Beijos, boa semana!



10 comentários:

netotchka disse...

Ah querida, não imagina como me preocupa sua bulimia :( Eu por sorte ou por azar sei lá não tenho facilidade pra vomitar, então prefiro ficar sem comer (quando consigo).

Sei bem como é isso de ter que fingir que está tudo bem o tempo todo e pra todo mundo, tem uma hora que o semblante cansa né? Eu queria que o tempo parasse e assim eu pudesse concertar tudo que está errado em mim mas sei lá isso nunca vai acontecer e até lá temos que ir compreendendo o que nos tornamos e tentar fazer alguem melhor.

Bom força querida, qualquer coisa estarei aqui... juntas podemos mais ok?
Beijinhos

Anna Dark disse...

Oi Barbie!

Amor, vc nem precisa agradecer os comments de força a você! Todas que vêm aqui se preocupam contigo e te gostam, normal que se preocupem e sempre queiram te ajudar.

Oh, o pânico pelo assalto é normal!
Imagine a situação que vc ficou?? Pode levar um tempinho até vc tirar essas imagens da cabeça... Mas o importante é o que tempo vai se encarregar de facilitar as coisas, pode confiar!

Barbie, coração.
Eita que fico é louca aqui quando escuto da sua bulimia... Que merda de doença mesmo né? Realmente assim n dá pra ficar... Vamos pensar em algo juntas?

Vc já pensou em procurar as causas disso tudo? Tipo, já parou pra analisar o que vc sente quando acontece esses episódios? Pode ser um bom começo pra vc tentar tratar. Alémm de claro vc poder identificar os momentos chaves e ensaiar um controle nessa hora.. O que vc acha?

Quanto ao seu pai... Sabendo desse clima, o que vc quer amiga? Vc quer mesmo lavar as suas mãos? Olha, eu digo isso, porque durante muito tempo enfrentei uma situação muito parecida com o meu pai. Um clima tenso, de não conversarmos... Até que teve um dia que eu, como vc, desisti!
Joguei a toalha pois estava cansada de tentar. Desde então travamos uma relação superficial.
Ele me ama muito, eu o amo mais ainda, mas cansei de correr atrás para estabelecermos uma intimidade, vc me entende?
Assim que vivemos...
E vc? O que pensa a fazer a respeito? Vai desistir mesmo?

Barbie, vou te confessar que ando sentindo muita falta sua. Até ia te mandar um e-mail pra saber se tá tudo ok, se te fiz algo, sem querer, enfim... É que eu gosto de vc né amiga, então fico meio sensível... :o)

Bom, quando puder, apareça.

Espero que vc fique bem!

Um beijo!

Te amo.

:o)

ferzinha disse...

OI querida..
nem precisa agradecer não, pois estamos aqui para apoiar mesmo, que o assunto fuja do blog, afinal é a nossa vida.
Então, vc estava dizendo que sua semana foi dificil, todos nos temos esse momento, pelo que vc falou imagino sim o pq. Voce esta mais sensivel devimos mesmo a essa demora na sua menstruação, hrmonios neh, mexem com a gente. Ainda mais esse assalto pra completar, mais a sua bulimia que esteve forte essa semana. Tente não se iritar com essas coisas, agora tudo vai se normalizar em seu organismo essa semana, e, quanto ao seu pai, tente endender o lado dele, e ser mais compreensiva do seu, e tbm tente mostrar o seu lado pra ele, para que vcs fiquem em paz. Eu tbm não sou um mar de rosas com o meu, mais evitar as vezes pode ser a melhor opção..
Força essa semana pra vc. Tente não miar tanto..
Beijos!

Juu! disse...

Hum..
Baarbie .. 2° vez que eu passo aqui.. mas andei lendo sua história .. quero te desejar muita força e se você quer parar de vomitar n~]ao planeeje sua semana já pensando em comer coisaas fáceis de vomitar...o fato de você não menstruar direito tem TUDO a ver com a sua bulimia!.
Se cuiiida.. tamos aqui com voce!
FORÇA. =)

Beijos

Marcy! disse...

Putz, já passei por situações como essa do restaurante, no meu caso, eu tentei forçar um assunto, mas não rolou...é chato, constrangedor né...

Espero que supere o trauma do assalto, e que consiga conter as tuas compulsões.
Te desejo tudo de bom! Aguenta firme!

Andie disse...

Isso que me preocupa em ti amiga pinkyyy!
A bulimia.Exatamente ela parece mandar tanto em ti a ponto de te deixar entre a sanidade e a loucura em questão de 3 segundos ou menos.
Já não basta o medo que estás a superar depois do ocorrido,agora ela vem e te faz ficar subjulgada a ela...

Tu já provou pra si mesma que teus lf's são muito melhores.
Já ouviu da tua mãe que tu engordou...
Vai deixar ela te pegar assim e te fazer pesar cada vez mais.
Sem falar nos nossos dentes que ficam imprestáveis.
O seu namorado merece um sorriso belo compatível com o seu rosto.
E mais do que ele:TU MESMA MERECE UM BELO SORRISO E UMA RISADA INSANA DE FELICIDADE.

Beijos.
;)

miss t disse...

Oi linda!! Li seu post passado... nossa que horrivel.. =/ eu nem me imagino passando por uma situacao dessas. Mas morando no rio.. jah eh de se esperar passar por uma situacao dessas! Infelismente...
Mas que bom q vc está bem, nada te aconteceu...
Espero q seu medo logo passe..
Beeeeeeeeeeejos! :)

paris disse...

eu nem consigo vomitar amiga...ás vzes dou graças a deus por isso,pois a mia 'mata' mais rapido que a anna...
mais uso laxantesquando sinto que exagerei demais...
mais amiga,força,que vc se livra da mia,viu?
e boa semana!

ana paula disse...

aii Barbie, tenho pensado tanto em vc, imaginando como está... vc não precisa se preocupar se o que escreve está de acordo com o intuito do blog pq este espaço aqui é SEU, fale tudo o que quiser e precisar... desabafe mesmo!!! tenho certeza de que todas que vêm aqui desejam que vc melhore, que este trauma passe... amiga, quero ver vc bem logo!!! pena que nem posso ligar pra vc, já que está sem celular (se comprar outro corre e me dá o número, por email ou depoimento no orkut).

eu sei bem o que vc tá passando, a coisa que mais queria era poder acompanhar vc...
já aconteceu isso comigo, de gastar dinheiro devianamente com comida, tudo pra em seguida vomitar depois.
sua bulimia me preocupa, eu gostaria TANTO de te ver livre disso e acredito acredito acredito que ainda vou ver...

nossa, fingir é o que mais faço, mas tem que ser assim... não consigo evitar. apenas na internet é que mostro verdadeiramente a ana paula que sou.

olha Barbie, o que precisar vc pode contar conosco. sei que não é fácil parar de vomitar, quebrar o ciclo e tal... nossa, como entendo!!!!!!
mas se eu pudesse.. faria de tudo pra te ver livre. Peço muito a Deus que te ajude a superar isso. vc ainda está sensível a isso, em questão de mais alguns dias vc melhora. tenho certeza!!
conte comigo pra tudo sim?
amoooo vc, amiga! mesmo!

beijos =*

Anônimo disse...

Olá! O meu primeiro comentário... Estou a precisar de emagrecer, e só aqui poderei encontrar a motivação que preciso. Sou portuguesa. Ando a passar por compulsões terríveis. No último ano engordei 7 kg, que tenho de perder rapidamente. Acho q vou passar a vir mais vezes ao seu blog... A minha relação com meu pai também não existe!!!! Força pra voce, que eu vou ver se começo amanha a não comer! (Não consigo mesmo miar! Tentei vezes demais e não dá...A solução é fechar a boca!)