quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Crepúsculo

- É a hora do dia mais segura para nós - disse ele, respondendo à pergunta em meus olhos. - A hora mais fácil. Mas também a mais triste, de certa forma... O fim de outro dia, a volta da noite. A escuridão é tão previsível, não acha? - Ele sorriu tristonho.
- Gosto da noite. Sem o escuro, nunca veríamos as estrelas.

(Crepúsculo, de Stephenie Meyer, página 186)




Acho que foi preciso eu ter passado por toda essa crise pra aprender a enxergar e, principalmente, a valorizar tudo o que eu já consegui conquistar, por menor que seja, por mais insignificante que pareça.
Estou com medo de não ter acabado ainda. Estou passando por uma fase difícil, de descontrole total, compulsão atrás de compulsão e a Mia parece finalmente ter me deixado. Eu sinto a angústia me sufocar somente de cogitar essa possibilidade. No fundo, eu não quero perdê-la.
A conseqüência óbvia disso tudo é que eu engordei. Não sei quanto, porque eu não tenho coragem pra me pesar. Mas engordei o suficiente pra estar usando 38 outra vez.
Por incrível que pareça, estou longe de entrar em desespero. Enquanto estava abaixo dos 50kg, eu simplesmente não dei a mínima pra isso. Pensei meramente: "grande coisa".
E toda a minha vontade de voltar aos 50kg? E todo meu esforço durante o ano inteiro? E a minha conquista? Por que é tão difícil assim (pra mim) valorizar algo "bom" em mim?
Tudo bem que ainda faltava bastante, mas se eu não sei valorizar as pequenas coisas, tampouco saberei valorias as grandes. Me odeio por isso!
Eu me recusava a sentir felicidade até mesmo pelos 48,5kg. Desci da balança completamente idiferente, nem um sorriso, nem um suspiro de alívio. Nada. Estava decidida a não me contentar com isso. A não me orgulhar de ter um corpo que eu ainda considerava gordo.
Não foi tão doloroso pra mim recuperar todos esses quilos. Eu não me apeguei a eles, e eu não sei explicar exatamente a maneira que eu encarei tudo isso. Sei que posso emagrecer novamente e estou disposta a fazê-lo.
Agora eu sei o quanto queria estar com esses 48,5kg, sei lá, whatever! Algo em torno disso. Porque agora eu me distanciei ainda mais do meu objetivo. Eu nem sei claramente qual é, mas sei que estou mais distante... Como eu queria estar com aquele peso...!
Tem gente que só sabe dar valor às coisas quando se perde. Eu faço esse tipo.


Me sinto mal, me sinto péssima. Estou de volta ao inferno, e não posso mais contar com a Mia. Eu adoraria saber o motivo de ela ter me abandonado.
Ontem eu tomei uma cartela de lacto purga e hoje a minha alimentação não foi nenhum exemplo, podem acreditar.
À noite eu vou sair com as minhas amigas, vamos assistir Crepúsculo, pré-estréia *-*
Amanhã eu tenho uma festa e sábado é a formatura da minha irmã.
Vocês que têm o meu Orkut, por favor, não olhem as fotos! Eu sentiria muita vergonha! :(

Que vocês sempre consigam ver as estrelas em meio a escuridão que possam vir a enfrentar ;)

Bom fim de semana!

-

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

-

Hoje o dia amanheceu cinza, parecia até que ia fazer um pouquinho de frio. Estava uns 15 graus de manhã, mas pra acabar de estragar o meu humor que já não era dos melhores, o sol apareceu entre nuvens e esquentou (24ºC, hell!). E eu que saí de casa com duas blusas de frio, acabei tendo que carregar tudo no braço. Como se não bastasse, ainda havia o peso da minha mochila... Soquei o máximo de livros que pude dentro dela e o ziper estourou. Agora eu tenho que andar por aí assim. Legal, né? ¬¬'
Combinei de estudar com as minhas colegas na faculdade hoje. Última prova!
Hoje é o último dia, só mais hoje. Amanhã eu já estarei de férias e, meu Deus, eu mal posso esperar por isso.
Não tô legal hoje, sei lá. O meu fim de semana foi bom, mas agora eu me dei conta de que faltam só 10 dias para o natal. O ano está acabando e, daqui duas semanas, já será ano novo! E é impossível não fazer aquela retrospectiva idiota, impossível não lembrar das promessas que foram feitas no início desse ano e constatar que, mais uma vez, elas não foram cumpridas. É inevitável não se sentir péssima por isso.
Nem me lembro o que prometi. Quer dizer, não de tudo, lembro apenas de uma promessa, em especial. Aquela que eu considerei como prioridade. A mais importante de todas. E quem olhar pra mim, já vê que ela não foi cumprida.
Todo mundo vê que eu não voltei a pesar 45kg.
Será que eu estaria mais satisfeita? Mais tranqüila? Mais feliz?
A minha meta para dezembro foi cumprida e eu permaneci completamente indiferente, dei de ombros, tanto faz. Há alguns meses, eu sonhava com esse meu peso atual. Por que ainda me sinto um lixo, então?
Pode ser que daqui dois minutos o meu humor mude completamente, mas, por enquanto, pelo menos, o desânimo é quase tangível.

-

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Away From The Sun

Está tudo para baixo
Eu tenho que fazer minha vida fazer sentido
Alguém pode dizer o que eu fiz?
Eu senti falta da vida
Eu senti falta das cores do mundo
Alguém pode dizer onde eu estou?

Porque agora eu me encontro de novo
Tão pra baixo, longe do sol
Que brilha dentro dos lugares mais escuros
Eu estou tão pra baixo, longe do sol novamente

Eu superei isso
Eu cansei de viver no escuro
Alguém pode me ver aqui embaixo?
O sentimento se foi
Não sobrou nada pra me levantar
Volto para o mundo que eu conhecia

Porque agora eu me encontro de novo
Tão pra baixo, longe do sol
Que brilha nos lugares mais escuros
Eu estou tão pra baixo, longe do sol
Que brilha a vida longe de mim
Para achar meu caminho de volta para os braços
Das pessoas que gostam de mim
Eu estou tão pra baixo, longe do sol






E eu que sempre morri de vergonha de comer na frente das pessoas, de uma hora pra outra me pego fazendo questão que me vejam comendo o que quer que seja, nem que seja uma maçã ou uma bala. Acho estranho. Mas talvez seja só pra que eles parem de me olhar como se eu fosse uma aidética ou como se eu tivesse qualquer tipo de doença em fase terminal. Talvez seja só pra que eles parem de pensar que eu tenha algum problema. Pra fazer eles pensarem que eu sou tão "normal" quanto eles, independente do significado que essa palavra tenha pra mim ou pra qualquer outra pessoa.
Me encontro ansiando pelas férias mais do que qualquer outra coisa nesse mundo. Estou exausta! Isso está tirando a minha concentração de tudo e eu não estou conseguindo me manter sã. Já perdi as esperanças de continuar pesando os 48,5kg que eu vi na balança da última vez que eu me pesei. Me sinto imensa e é incrível o efeito que isso causa sobre mim!
Espero que vocês estejam melhores. Preciso estudar, mas não consigo.
Cuidem-se. Eu adoro vocês!

Barbie.

-

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

EU TE AMO ATÉ OS OSSOS

Sim, eu consegui! A minha meta era 50kg até dezembro... E eu estou, finalmente, pesando 50kg! Sei que não é grande coisa. Sei que cada passo é apenas mais um passo pra um objetivo que ainda está muito distante... Queria poder me achar magra mesmo, mas... Sei lá, se não me acho, é porque, de fato, não estou. Às vezes eu fico imaginando se as pessoas que me vêem andar na rua me acham magra. Mas eu acho que não. Enfim.
Minha meta até o fim do ano era ao menos 47,5kg mas, quem sabe, eu já não consigo voltar ainda esse ano para os meus 45kg? É, eu vou conseguir, sim! E não me importa o que me digam, não importa o que as pessoas achem. Não ligo!
Não ligo pro frio que eu estou passando, pras noites sem dormir, as dores de cabeça, dores musculares... Meu lema tem sido: "Praise the beauty and praise the pain" (louvo a beleza e louvo a dor).
Ainda estou muito longe pra desistir por tão pouco.
Amanhã eu viajo. Meu Deus, estou morrendo de vergonha! Mas espero me divertir. E vou aproveitar pra emagrecer mais um pouco! Não tem porque engordar e eu não vou mesmo! Não vou ficar comendo feito uma porca nojenta, me recuso!
Bom, desculpem pela ausência e pelo post idiota também. Quando eu tiver tempo, faço um post decente ¬¬'
Ah! Fez 2 anos que a Ana Carolina Reston morreu. Alguém lembrou? :(

Cuidem-se, de verdade, cuidem-se. Lembrem-se de agradecer todos os dias pela vida de vocês, peçam apenas proteção e perdão para Deus :(
(Bom, eu peço).

Controle, controle e controle! Just stay strong, just believe!

Beeijo;*


I don't know the first time I felt unbeautiful. The day I choose not to eat... What I do know is how I changed my life FOREVER.






(Sei que teria dado menos de 50kg se eu tivesse descalçado os tênis :/)

-

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Disturbia

Estou pagando o maldito preço por ter me comportado como uma porca compulsiva na última semana. É um preço altíssimo, é claro. Como sempre. Mas eu estou disposta a pagar, seja ele qual for.
Acordei com vontade de passar fome hoje. Acordei querendo sentir a dor no meu estômago, as tonturas, a fraqueza. Preciso me sentir limpa.
Existe a velha regra: eu não tenho permissão para comer. Eu gosto disso porque faz com que eu me sinta em paz, ainda que o mundo esteja desmoronando lá fora. Eu gosto desse silêncio e desse vazio. Eu gosto mesmo.
Preciso recuperar isso o mais rápido possível. Não posso mais fracassar porque agora estou correndo contra o tempo. Essa semana precisa ser melhor, ainda que não tenha começado do jeito que eu queria.
Não sei mais quantos fracassos eu sou capaz de suportar.
Não, princesas. Nós não nascemos pra isso!
Então eu quero ver todas vocês muito bem essa semana. Não há dia ruim que dure mais de 24 horas.
Ainda está doendo, realmente está. Mas nós podemos suportar a dor.
Just stay strong! Boa semana!



É um ladrão que vem de noite pra te pegar
Que chega rastejando devagar e te consome
Uma doença mental que te controla
É perto demais para confortar
Ilumina-se
Estamos em Wonderland
Não vai jogar limpo
Tome cuidado, você ficará cada vez pior.
Melhor pensar duas vezes
Seu raciocínio será alterado
Então se for vacilar, seja esperta.
Sua mente está em distúrbio
Como se a escuridão fosse a luz
Disturbia
Estou te assustando essa noite?
Paranóia





-

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Starve, binge, throw up

Os dias estão sendo difíceis. Estou triste, triste, triste... Sinto que não dou conta de fazer tudo o que tenho pra fazer, me sinto uma inútil, tenho pena dos meus pais por terem uma filha assim como eu.
Gastei tanto dinheiro com comida essa semana. Poderia ter comprado algo legal pra mim, ou pra levar pra casa, já que nunca levo nada. Passo o dia me empanturrando de comida cara de shopping e vomitando e nunca levo nada pra casa.
Passei a semana completamente compulsiva. Pra se ter uma idéia, ontem eu gastei entre 45 e 60 reais com comida, nem sei. Fui juntando aqui as notinhas dos cartõs que eu soquei em um bolso da mochila e não acreditei. Ainda estão faltando alguns papéizinhos, devo ter jogado fora. Então não dá nem pra saber exatamente quanto foi.
Vergonha.
Tanta vergonha que não me deixou assistir aula. Não quis encarar as pessoas, explicar meus olhos e rosto inchados de tanto miar. De tanto chorar. Saí andando, andando... Parava pra comer e vomitar... Voltava a andar.
Eu acho que estou ficando louca.
Hoje eu me pesei. Emagreci 500g. Fracassada!
Mas acabei me sentindo grata porque, depois da minha farra alimentar, só o fato de não ter engordado foi um grande presente.
Amanhã eu tenho um casamento pra ir. Hoje estou abaixo das 100cal, são quase 18h. Minha garganta está cheia de pus, inflamada. Acho que vou ter que tomar amoxilina outra vez :/
Me desculpem por esse post, por chatear vocês. Só queria dormir um pouco, não sei. Não sei, não sei... Meu corpo dói, minha alma dói.
Quero que chegue logo amanhã, tudo vai estar bem. Eu não vou precisar assistir aula, eu vou estar perto dos meus pais, eu vou estar com quem eu gosto, eu vou estar bem.
Domingo eu não vou sair de casa. Não quero. E meus trabalhos são uma excelente desculpa.
Bom fim de semana, força pra todas vocês.


segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Minhas lágrimas secam por si só

Estou bem hoje e com toda esperança que se pode ter numa segunda-feira.
Essa semana vai ser super puxada, então não prometo aparecer com muita freqüência. Não queria, eu não gosto de me afastar daqui e , principalmente, de vocês. Mas eu tenho que decidir o que é prioridade na minha vida e, sinceramente, eu preciso de nota na faculdade. Não quero e não posso reprovar em nenhuma matéria. Mas não adianta só rezar pra Deus fazer milagre se eu não me esforçar, né?
Eu quero emagrecer pelo menos 2,5kg essa semana. Vou fazer 3 dias de LF (segunda, terça e quarta) e quinta e sexta eu faço um NF. Tenho um casamento no sábado, não quero estar tão obesa assim.
As coisas estão se complicando à medida que eu emagreço. Pessoas sem vida própria querem se meter na minha e, na semana passada, meu chefe me chamou pra conversar. Pediu pra eu cuidar da minha saúde, pra eu engordar alguns quilos porque estava muito magra e pra tirar essa coisa de emagrecer da cabeça porque eu sou muito bonita e não preciso disso.
Gente, eu odiei! Nunca fiquei com tanta raiva assim por interferirem na minha alimentação. A minha família eu entendo, tudo bem. E minha mãe não está reclamando, ninguém está! Ninguém quer ter uma filha gorda!
Então eu disse a ele que não ia engordar de jeito nenhum, mas que não queria mais emagrecer, que já estava satisfeita, então ele poderia ficar tranqüilo. (haha ¬¬') Aí ele se deu por vencido e me pediu, pelo menos, pra apertar as minhas calças porque estava horrível aquele monte de pano sobrando! hahaha
Essa semana eu estou mais forte e mais confiante, parece que a fase ruim realmente passou. Apesar de eu ainda me achar uma porca-gorda-da-bunda-grande, a balança me mostra que eu estou emagrecendo, sim!
Então, gurias, tratem de se cuidar. Não deixem de se ajudar, mas tenham cuidado. Não deixem pessoas de fora interferirem porque só nós sabemos o que é se sentir um lixo por estar/se achar gorda e só nós sabemos o esforço que é pra emagrecer alguns quilos, principalmente quando o organismo já ta todo fodido por causa das dietas. Ninguém tem o direito de destruir os nossos sonhos. Nunca mais vou deixar que interfiram na minha vida e isso é uma promessa, podem cobrar de mim.
Muita força pra vocês superarem esses dias. Beeijo;*






PS.: Sou eu na foto, 3kg mais gorda do que eu estou hoje. Não tive coragem de postar quando eu tirei. Agora eu posto porque posso dizer que não estou mais assim, graçasadeus! (:

-

terça-feira, 28 de outubro de 2008

A fera está ferida, mas não está morta ;)

Um pouco de esperança não faz mal a ninguém, não é verdade?
Hoje eu acordei me sentindo bem, me senti feliz e falei com Deus. Só um pouquinho. Não pedi nada, só conversei com Ele. Como nos velhos tempos.
Apesar disso, tive um descontrole e comi algumas balas na parte da tarde. Foram as últimas coisas que eu comi hoje. Talvez eu tenha beirado as 400cal, mas não tem problema porque caminhei bastante. Me obriguei a caminhar.
Amanhã eu vou acordar cedo e caminhar em um parque perto da minha casa. Preciso perder peso rapidamente, tenho uma viagem marcada para o fim do mês de novembro. Vou ficar hospedada em um hotel no litoral norte de São Paulo. Uma amiga minha (que também vai) e eu estávamos comentando sobre a viagem nesse fim de semana. Ela disse que não vai pôr biquini porque está obesa. Eu não quero ter que fazer o mesmo e voltar pra São Paulo com a barriga branca. 50kg até lá é a minha meta. No mínimo, né, por favor.
Não falta tanto assim. Tenho emagrecido e estou chegando perto do meu peso médio durante o ano passado.
Vocês já se sentiram como uma fênix? É assim que eu me sinto. Digam 'olá' para a Barbie, meninas. I'm back.





(Uma foto da MAIOR thinspo que já existiu) ♥

.

sábado, 25 de outubro de 2008

Everything's right

Está tudo no lugar, tudo continua no lugar e eu gosto das coisas certas assim. Minha dieta está ok, eu estou no controle outra vez. Emagreci mais 1,5kg. Espero que essa semana seja melhor.
Hoje é sábado e eu não vou pôr tudo a perder. Nós não podemos pôr tudo a perder só porque é fim de semana porque fim de semana não pode ser uma excessão à regra. Essa é a única regra onde não existem excessões. Todos os dias são dias para ganhar ou perder. E está dependendo de quem? Sim, nós sabemos.
Bom fim de semana, gurias. Muita força e muita paz pra todas vocês.

-

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

What's wrong with me?

Pensei em não voltar até que as coisas melhorassem, mas eu não sei quanto tempo vai levar até que isso passe. Então, pra não correr o risco de não voltar mais, aqui estou eu.
Meu fim de semana teve altos e baixos. Comi muita bobagem no sábado, me controlei melhor no domingo, miei algumas vezes. Saí com os meus amigos, briguei com a minha melhor amiga e chateei o meu namorado... Minha mãe me perguntou por que eu corro no banheiro toda vez que como e disse que não é pra eu inventar de ficar doente porque já tem muita gente doente de verdade. Ela também reclamou dos meus dedos, disse que estão muito finos e que eu estou com cara de um menino das cavernas. Hahaha eu ri nessa parte, foi engraçado :p
Hoje meu lf correu bem até agora há pouco. Estraguei tudo com um pão de queijo e um lanche natural. Nunca vou parar de vomitar desse jeito!
Não é falta de vergonha na cara... Eu não sei o que é, juro que queria muito saber... Mas não é falta de vergonha na cara.
A semana não começou muito boa, mas não significa que deva terminar assim. Eu não me dou por vencida tão fácil.
Ótima semana pra todas, visito vocês agora ;*


terça-feira, 14 de outubro de 2008

Os Dias Sempre Voltam a Ficar Coloridos

Gostaria de ter postado antes e de ter visitado todas vocês, mas realmente não deu, me desculpem!
Estive em semana de prova, graças a Deus já terminei todas, agora posso dormir um pouco melhor. Fiquei tão nervosa na última prova, tive até ânsia de vômito! Mas me controlei bem... Uma guria da minha sala passou mal e vomitou, realmente! Eca.
Não me saí bem. Mesmo porque praticamente não estudei e faltei demais. Não tinha ânimo, nem vontade de estudar... Não conseguia me concentrar e fui fazer as provas totalmente despreparada! Só tirei uma nota 10, o restante, na média. Além de gorda, ainda sou burra!
Mas prometi a mim mesma que vou estudar muito daqui pra frente. Preciso recuperar essas notas baixas. Não é possível que eu não seja capaz disso também!
Me pesei hoje e, pra minha surpresa, emagreci 800g. Isso é completamente insignificante pra alguém com 1,69m, eu sei. Mas nos últimos dias, pra quem não fez mais nada além de comer e vomitar, essa é uma surpresa boa.
Não estive cotrolada, nem determinada e nem nada, simplesmente, me deixei levar. Não comi como uma pessoa normal, isso nunca! Até me sentei à mesa durante algumas refeições, mas sempre depois de já ter comido quase tudo que havia no armário. Isso tudo pra voltar a comer mais e depois de vomitar de novo... E de novo.
Acontece que... Hoje eu acordei com um ânimo diferente. Então hoje está sendo um dia bom. Comi um pouquinho de salada de frutas às 7 da manhã e salada com um pedacinho de carne ao meio-dia. Agora eu só vou tomar uma H2O à noite e já chega.
Estou pensando em comprar laxante, tomar uma cartelinha de sábado pra domingo. Tenho quase certeza de que vou fazer isso.
No mais, sem novidade. Em casa, o clima anda tenso entre o meu pai e eu, pra variar. Brigamos, inclusive. Mas agora já estamos nos falando "normalmente" o que quer dizer que eu peço a bênção dele quando o vejo e antes de dormir. Pergunto algo inútil, ele me responde sem prolongar o assunto e vice-versa. Sem mais. Ainda existe aquele clima pesado que sempre fica depois de uma discussão, mas eu estranharia se ele não existisse.
Apesar de tudo, meu humor anda bem melhor. Estou mais contente, menos melancólica. Tenho vontade de ver meus amigos, de falar com eles... Tenho até usado o telefone ultimamente! Haha
Espero que esse fiozinho de alegria dure um bom tempo, eu tinha me esquecido de como era bom sorrir. Ainda dói um pouquinho, às vezes... Mas é maravilhoso!
Beijo, se cuidem!

I Still Believe!



terça-feira, 7 de outubro de 2008

Why do we like to hurt so much?

As últimas semanas foram dificeis, estive totalmente instável emocionalmente... Acharam até que o meu problema era TPM permanente, de tão chata que eu estava. E, quem diria, talvez fosse mesmo porque esse mês a minha menstruação veio...
Mas o fato é que eu engordei 2,8kg!
Desprezível.
Andei comendo demais, vomitando demais e tomando laxantes demais. Não fiz exercícios físicos, até acordei cedo, mas sem chance de sair na chuva...
Estive péssima, sem ânimo, sem vontade de fazer nada... Não que agora eu não esteja... Continuo me sentindo um nojo, mas não quero mais me destruir.
Me pergunto por que me maltrato tanto... Um dia gostaria de saber...
Pensei em tomar uns comprimidos outro dia a noite depois de vomitar mais uma vez... Pensei em me cortar... Controlei o meu impulso e só o que eu fiz foi me arranhar e chorar. Chorar muito.
No último sábado foi a festa do meu namorado. Bebi horrores. Fiquei chapada! Parecia até que eu tinha me drogado, um horror. E eu nem precisei disso dessa vez... Álcool no sangue. Muito álcool em um estômago completamente vazio. Me fodi lindooo!
Vomitei tanto! Tinha ânsia o tempo todo e já não saía mais nada... Não tinha o que sair... Falei tanta besteira! Nada que fosse mentira, mas muita besteira mesmo! Nem me lembro de tudo que fiz e falei... Me lembro de pouca coisa depois do porre.
Como se eu precisassem manchar ainda mais a minha imagem...
Mas nem sei se me arrependo.
Acho que isso faz parte do meu plano secreto de me odiar. Não sei.
Não queria escrever até que emagrecesse, mas eu não posso simplesmente fugir assim.
Me sinto menos envergonhada por simplesmente dizer que, pelo menos, já estou começando a me levantar e a fazer algo pelo meu corpo novamente. Estou tentando fazer com que ele desapareça. Estou tentando desaparecer... Será que é muita burrice achar que as dores aqui de dentro desaparecerão junto?
Beijo, visito todas ainda essa semana. Just stay strong.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Interlúdio

Hoje é só mais um dia daqueles em que eu tenho vontade de me esconder do mundo e esquecer que eu existo. Enquanto eu desmorono por dentro, ao meu redor, as coisas parecem estar no lugar... Minha casa, minhas coisas, as pessoas... Tudo acontece da mesma forma ensaiada, repetida e sem graça de todos os dias... Comportamentos e sorrisos mecânicos... Será que todo mundo tenta esconder que, no fundo, também é triste?
Não tem ninguém em casa, estou sozinha. Minha mãe já chegou do trabalho, fez o que tinha que fazer, brigou comigo e saiu de novo... Acho que foi ao banco, não sei. Estou triste porque ela não gostou do presente de aniversário que eu comprei para a minha prima, disse que eu posso pegar pra mim. Mas ontem a noite meu pai viu como eu cheguei com o presente; fiz questão de desembrulhar pra mostrar pra ele e pra minha irmã... Enfim, achei que minha mãe também fosse gostar...
Meu NF durou apenas 2 dias. No terceiro, eu achei que seria mais eficaz fazer um LF com abacaxi, já que eu não estava tomando nada além de água, nem coca light. E cafeína é estimulante, né... Mas eu passei sem. E acho que foi até melhor ter feito só 2 dias, porque já no segundo dia eu já estava bastante fraca. Ouvi coisas do tipo: “Você está emagrecendo muito! Está sem comer? Está passando fome em casa?”. Bah... Meu gerente disse isso, dando risada. Eu nem disse nada... Já estava há dois dias sem comer nada, nem vento. Fiquei meio sem graça.
Hoje eu não estou muito disciplinada não... Sinceramente, não estou fazendo o mínimo esforço... Estou me sentindo vazia, triste, mas não chorei... O problema é que fica me sufocando!
Parece que está esfriando outra vez... Eu adoro o frio, mas está difícil de agüentar! Tenho saído de casa com quatro blusas todos os dias e, ainda assim, morro de frio! Estou dentro de casa, com duas blusas... Estava encoberta agora há pouco, minhas mãos estão congelando e eu estou tremendo!
Tudo está tão confuso! Porque agora eu estou entre as duas. Completamente presa nas garras delas. E, assim de perto, eu posso ver claramente quão distintas elas são. É como o amor e a paixão. É a serenidade da Ana se opondo à intensidade da Mia. E eu estou presa entre esses dois opostos. Minha instabilidade emocional fazendo com que eu oscile rapidamente entre as duas... Eu atravesso essa linha o tempo todo; essa linha tênue que as separa uma da outra. Talvez esses sejam exatamente os dois pólos da minha personalidade.
E é isso que me prende, que me comanda, que me leva... E eu me deixo levar. Cansei mesmo... Estou alheia, entregue à vontade delas. Porque sei que a minha vontade deixou de existir e de fazer diferença há muito tempo... Desde que elas estão aqui, eu não estou... Às vezes, eu sinto que elas brigam por mim. A Ana diz que me criou e a Mia diz que eu a escolhi...
Maldito dia em que eu enfiei os dedos na garganta! Tudo que eu queria era a Ana de volta. Nós duas sim éramos, de fato, fortes...

I’m just a fucked up girl trying to find her own peace of mind, I’m not perfect.

-

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

5&7 Things

Tive uma consulta médica na sexta-feira passada que me rendeu dois remédios: um comprimido pra tomar antes de dormir porque pode dar sono e um outro remédio que deve ser pingado 6 gotas embaixo da língua de manhã, em jejum, e mais 6 gotas antes de deitar. Isso por 2 meses. A médica disse que espera que melhore e que, a princípio, não é nada grave a ponto de operar. O probelma são as amídalas mesmo. Então a cirurgia seria apenas para retirá-las.
Ela me perguntou se eu tinha muito refluxo, porque ela percebeu um pouco da minha rouquidão. Fiquei muito sem graça, mas disse que sim... Já estava pensando: "meu Deus, como ela adivinhou?" quando ela me disse que isso costuma ser bastante comum. Por conta dos refluxos, estou proibida de beber e comer muita coisa, como frutas cítricas, por exemplo. Mas, dentre todas as coisas, estou proibida de tomar café e Coca-Cola! E agora? Como eu sobrevivo sem café e coca light, me diz? :/
Terei de fazer também uma fibronasolaringoscopia, pra ver como está o meu estômago. Ela disse que não quer me passar nenhum remédio forte antes de saber se eu não tenho nenhum problema. Ela imagina que os refluxos sejam causados por excesso de ingestão de líquidos durante as refeições e à alta quantidade de alimentos ácidos... Mal sabe ela...
Estou apreensiva, mas não com medo. O que será que isso pode indicar? Enfim, vou tentar marcar o exame pra data mais próxima, pra acabar logo com essa expectativa.

Vou fazer a brincadeira. Fui indicada pra duas: uma pela Manuuh e uma pela minha gêmea (Ana Paula) *-*
A Manuuh me indicou primeiro haha, primeiro a dela:

Sete coisas que faço bem?
* Passar delineador nos meus olhos
* Enfeitar meu fichário com adesivos *-*
* Desenhar, pintar, montar quebra-cabeça e brinquedos Lego (que inútil!)
* Cabular aula sem que meus pais descubram (Muahahaha) :P
* Inventar apelidos para os meus familiares (hihihi)
* Drama *-*' (kaskapsa)
* Gelatina (ahushasa aai, gente! Desculpa, não me veio mais nada em mente!)

Sete coisas que não faço e não sei fazer?
* Passar delineador nos olhos dos outros
* Fazer minhas próprias unhas
* Trabalhar em grupo (odeio!)
* Dizer que estou com fome
* Magoar alguém e não pedir desculpa (sempre peço)
* Trair (amigas, namorado, seja quem for!)
* Permanecer com o mesmo humor por mais de 2 minutos, muda o tempo todo! E parar quieta num lugar também, é quase impossível!

Sete coisas que me atraem no sexo oposto?
* Olhar *-*'
* Carinha de bebê (ooown!)
* Os caras fortes (magrela eu só quero eu haha)
* Gentileza
* Bom humor
* Bom gosto
* Educação (como em qualquer ser humano, né)

Sete coisas que não suporto no sexo oposto?
* Dependência e insegurança
* Ciúme excessivo
* Lerdeza (hihihi)
* Pagar um pau pra mulher bunduda e pernuda (urgh!)
* Pêlos (haha)
* Maus modos -.-'
* Não saber opinar quando você está em dúvida entre dois sapatos, por exemplo ("sei lá, é você que vai usar" ¬¬') haha

Sete coisas que digo com freqüência?
* Aiii! (Ai tudo: Ai que lindo!, ai que raiva!, ai que chato!, ai que nojo!, etc.!)
* Meeeu!
* Sério?
* Mai Gódi! (haha, bem assim)
* Please! *-*-*
* Oi? (autista! :P)
* E daí? U.u

Sete atores/atrizes que eu gosto?
* ANAHÍII <3
* Mary Kate Olsen
* Lindsay Lohan
* Ashley Olsen
* Angelina Jolie
* Leighton Meester (*momento Gossip Girl detected*)
* Dakota Fanning *-*

Sete atores/atrizes que eu não gosto?
* Jackie Chan (é que eu não gosto dos filmes dele, mas nunca assisti ahaha)
* Arnold Schwarzenegger
* Renée Zellweger
* Uma Thurman
* Selena Gomez
* Demi Lovato
* Pamela Anderson

Sete filmes que eu detestei?
* O Chamado (odeio filme de terror, só vi até a parte que uma menina estava assistindo filme na casa da amiga dela e o telefone tocou, morri de medo e parei haha)
* O Exorcista (é muito forte, não posso ver essas coisas, tenho medo até hoje)
* Vestida Para Casar
* American Pie 3
* Simão e o Fantasma Trapalhão (aaai, eu era pequena! haha)
* Xuxa Requebra, ou Xuxa Popstar, sei lá! (pequena também! haha)
* Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Sete filmes que eu adoro?
* Peter Pan
* Dez Coisas que Eu Odeio em Você
* Meninas Malvadas
* As Patricinhas de Beverlly Hils
* O Diabo Veste Prada
* Garota, Interrompida
* Aos Treze
(Não couberam os desenhos!) :(

Sete livros favoritos?
* Harry Potter (todos)
* Gossip Girl (todos)
* O Senhor dos Anéis
* O Diário da Princesa (todos)
* O Pequeno Príncipe
* O Caçador de Pipas
* A Menina Que Roubava Livros

Sete coisas legais nos últimos sete dias:
* Ter falado com a Ana Paula no telefone! ooown *-*
* Saber que a Netochka tem parentes que moram muito perto de mim e que nós vamos nos conhecer ainda esse ano, se Deus quiser! (né, sis? *-*)
* Terminar de ler Calvin e Haroldo! (haha tiras, li em dois dias, adoro HQ)
* Ver uma amiga que eu não via há tempos!
* Fazer as pazes com os meus amigos
* Ter passado o fim de semana com o meu namorado sem brigar com ele, tadiinho *-*'
* Cabular aula e ir pra Starbucks com as meninas da faculdade, pra variar! haha

Sete constatações inúteis:
* Meteorologia nem sempre acerta (ooh, sério? ¬¬)
* As pessoas só me ligam quando eu não estou (né, AP! haha)
* Tem fim de semana que não tem nada pra fazer e em outros aparecem mil coisas de uma vez e você só pode ir no máximo em dois lugares! ¬¬
* Delineador na parte inferior dos olhos dura mais que certos lápis
* Suco de maracujá não me dá sono
* As revistas teens têm sempre o mesmo conteúdo
* A nova Melissa da Sininho é uma graça #)

Sete pessoas que desafio a responder as perguntas acima?
* Ana Paula
* Netochka
* Andie
* Anniiinha Dark (saudade)
* Lady Insane
* Sofia
* Annita

-
Brincadeira das cinco coisas, fui indicada pela Ana Paula:

CINCO COISAS PARA FAZER ANTES QUE O ANO ACABE:
1)
Chegar pelo menos aos 47,5kg
2) Dar um jeito no meu cabelo, porque está horríveeel!
3) Conseguir um estágio na minha área, ou um emprego com carteira assinada mesmo, whatever
4) Passar de ano direto, sem DP, como sempre foi até hoje.
5) Me dedicar mais ao inglês, porque eu estou um relaxo! (bom, eu acho)


Não indico mais ninguém, quase todo mundo já fez essa! Hahaha (:


-
O post ficou longo, desculpa. Espero que essa semana seja boa pra todas nós.
Falar no msn com as meninas (Ana Paula, Netochka, Andie e também as que eu não conhecia, mas foi muito legal conhecer) esse domingo de madrugada foi muito bom! *-* Me deu mais motivação! Estou de NF hoje, vou tentar fazer 72h. Torçam por mim, please!
Quanto à minha meta da semana passada, eu não sei se foi atingida, não tive coragem de me pesar... Mas eu acho que emagreci um pouco, sim. A julgar pelas calças, devo ter emagrecido.
Beijo, boa semana! Obrigada por tudo!

.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A Barbie Vai Ao Médico (Parte III)

Boas notícias!
A minha saúde vai bem!
Não sei se vocês podem imaginar o alívio que eu estou sentindo!
Meu coração está perfeito, meu sangue também está muito bom! Recebi algumas recomendações pra corrigir a minha falta de potássio, por exemplo: laranja e tomate são bons! O médico também citou a nossa querida banana, mas é melhor não haha.
Estou forte, estou saudável! Não sei se esse é o termo adequado, considerando-se as minhas condições, mas é tão maravilhoso saber que eu não prejudiquei tanto o meu organismo! É uma bênção! *-*'
Prometi que vou me cuidar melhor... Quer dizer, eu estava sendo completamente auto-destrutiva! Eu estava acabando comigo e parecia que fazia de propósito! As noites sem dormir, as porcarias que eu comia justamente pra depois miar, o abuso de laxantes, o monte de Coca-Cola light que eu tomava logo pela manhã... O álcool, cigarro, tanta porcaria!! Nem quero lembrar! Nem falar sobre isso aqui...
Acontece que eu me sinto como se eu estivesse tendo uma segunda chance, sabem? É assim que eu me sinto. Então não quero mais saber dessas coisas. Me arrependo de muita coisa que eu já fiz... Me machuquei muito, ficaram marcas... Algumas bastante profundas e eu sei que vou levar isso pra sempre... Mas eu posso fazer tudo diferente. E isso significa muito pra mim.

Esse post está meio ridículo... Era só pra dar notícias mesmo. E outra: tenho uma consulta pra sexta-feira... Por causa da minha garganta... Mas eu acredito que não seja nada também. Sabemos porque está inchada. Só preciso tomar vergonha nessa minha cara gorda e parar de vomitar feito doida.

E, não sei, talvez esse post transmita um ânimo aparente, sei lá se essa expressão existe! Caso transmita, o ânimo é apenas aparente mesmo...
Tive uma semana do cão, completamente compulsiva. Engordei 2kg dos 7 que eu tinha emagrecido. É, ainda tive a cara-de-pau de me pesar hoje!
Minha meta pra essa semana é emagrecer 2,5kg pelo menos. Só pra dar uma compensada. Só pra eu conseguir me encarar no espelho outra vez.
Boa semana pra todas! Beijo;*



terça-feira, 9 de setembro de 2008

Just Stay Strong

Depois de pouco mais de duas semanas no controle, eu tive uma recaída horrenda!
Dois dias de compulsão e quase R$100,00 gastos com comida. Dois dias comendo até passar mal e vomitando em banheiros públicos. Se os encanamentos dos shopping derem problema, certamente a culpa é toda minha.
Pensei mil vezes antes de lhes contar isso. Não seria justo esconder de vocês. Sim, eu fracassei. E da pior maneira que eu poderia fracassar...
Semana passada, eu tirava uma calça skinny 38 sem desabotoar. Essa semana, eu estou passando longe da balança. Nem me atrevo a tentar colocar aquela calça, não sei o que faria se sentisse que está me apertando...
Hoje o dia começou errado. Faltei no inglês, cheguei em cima da hora no trabalho (costumo chegar uns 30 minutos antes) e, pra ajudar, estraguei meu LF com um Pretzel e um capuccino. Maldita vaca gorda!
Eu não vou miar. Ponto. Esse monte de calorias vai ficar aqui no meu estômago gordo me engordando ainda mais, porque eu mereço isso.
Amanhã eu vou fazer um NF. Preciso.
Sabem, dá vontade de jogar tudo pro alto depois dessa. Mas eu sei que eu tenho que continuar, eu sei que preciso ser forte e seguir em frente... Eu sei disso :/

Quanto aos meus exames... Bem, peguei os resultados ontem. Tanto do hemograma quanto do Ecodopplercardiograma (wow!). Me parece tudo ok, graças a Deus. Só minhas plaquetas é que estão um pouco baixas e o potássio que está com uma certa deficiência (adivinhem porque ¬¬'), mas fora isso...

Vou copiar os comentários do exame cardíaco:

Exame realizado sob ritmo cardíaco regular.

Aorta e câmaras cardíacas com dimensões normais.

Miocárdio com sua espessura preservada.

Ventrículo esquerdo apresenta suas funções sistólica e diastólica preservadas, sem alterações na contratilidade segmentar de suas paredes.

Valva mitral com escalopes acentuadas e coaptação plana mas sem critérios para prolapso da valva mitral.

Estudo Doppler através da valva tricúspide demonstrou mínima regurgitação.

Pericárdio de aspecto normal.

The End (:

Agora quem vai fazer o diagnóstico é meu médico. Nem sei pra que dia a minha mãe marcou minha consulta, mas, assim que eu passar no médico, eu digo aqui o que ele disse. Mesmo porque - pra ser sincera - eu não entendi muita coisa. Haha
Obrigada por tudo, muita força pra vocês. Just stay strong.



OBS: queria DESAPARECER! Puta vergonha da por** D:

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Porque Nuestra Magia lo Puede Todo!

Estou sentindo que ela está aqui outra vez. E sei que talvez isso se deva ao fato de ela nunca ter me abandonado.
Não queria ser tão triste fazendo isso, queria não sofrer tanto com o remorço que eu sinto... Temo pela minha saúde. Eu nunca temi antes.
Mas eu já não me reconheço mais de outra forma. Se me tirassem a Ana, seria como tirar uma parte de quem eu fui, de quem eu sou e de quem eu quero ser...
Os dias têm passado de forma carregada; lágrimas, brigas, cansaço...
Deixar a Mia exige muito mais esforço do que se imagina. É muito cômodo usá-la como muleta. Mas agora eu preciso voltar a andar com as minhas próprias pernas. E eu não vou cair, porque a Ana me segura.


Nós podemos. Se de verdade quisermos, nós podemos! Essa é a nossa vida, nosso segredo, nossa alegria e nossa dor. Algo inteiramente nosso. Algo mágico.

Na Foto: Anahí, minha maior thinspo. Detalhe: usando uma pulseirinha igual a minha, no mesmo braço.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

A Barbie Vai Ao Médico (Parte II)

A primeira coisa em que eu pensei quando me sentei e estiquei o meu braço para o doutor medir a minha pressão é que essa cena já está virando rotina. ¬¬'
Minha pressão estava boa, se tratando de mim. 10.6. Mas o doutor ficou preocupado! Marcou MIL exames. Dentre eles, exame cardíaco, hemograma completo pra medir colesterol, potássio, cálcio, etc., e exame de uréia e outros milhares.
Na minha ficha estava escrito "hipotensão crônica" dessa vez.
Farei esses exames no sábado. (se eu conseguir encontrar a minha carteirinha do convênio! :S ) Até lá, aguardamos.
Mas eu estou com um bom pressentimento. Acredito que vai dar tudo certo.
Estou me cuidando em relação à alimentação, pra evitar miar. Isso foderia completamente com tudo!
Hoje eu estou fazendo a dieta do Gatorade. 500ml = 120cal. Mas comi um kiwi de manhã também, meu novo vício! 46 cal! E basta! 166cal hoje e está abaixo do meu nível máximo permitido pra essa semana, que é de 200cal.
Mas estou pensando seriamente em aumentar um pouquinho a minha quota na sexta-feira que antecede o exame. Talvez um pouco de proteínas, não sei. Tenho tempo pra pensar.
Espero que se cuidem e eu volto trazendo boas notícias quando o assunto for médico, amém!
Beeijos :*


A música de hoje no link ao lado: Clocks - Coldplay

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Ordinary Day

Tenho aula hoje. Daqui há pouco. Não quero ir, não consigo. Não sei o que fazer. Só assisti aula segunda-feira essa semana. E meu dia terminou péssimo! Não quero voltar. Faltei no inglês a semana inteira, faltei na terapia... O que está acontecendo? Está tudo voltando? É outra crise ou o quê? Queria poder ir pra casa... Não quero ter que ficar andando pela cidade sozinha à noite outra vez... Mas se meus pais soubessem que eu não assisti aula, me matariam!
Não quero ter outra compulsão medonha... Fui parar no supermercado essa semana, comprei um monte de porcaria e me tranquei no banheiro. Comi e vomitei lá mesmo. Saí zonza na rua depois... Desejando nunca ter começado com essa merda!
Hoje eu cuspi pus de manhã quando acordei. Estou com um caroço no pescoço, tenho médico terça-feira. Que Deus tenha compaixão de mim.
Bom fim de semana.




Vou deixar aqui a brincadeira da música, imagino que todas já conheçam as regras. Um mês (ok, um pouco mais de um mês) depois, eu encontrei um espaço pra fazê-la. E, de qualquer modo, é melhor do que falar da minha semana catastrófica!
Fui indicada pela Tati, e eu escolhi essa música porque ela se refere ao Peter Pan. No sentido metafórico, fala sobre coisas nas quais eu acredito. Coisas que eu gosto. São minha distração e meu refúgio. Coisas que eu gosto de imaginar. Que até pouco tempo atrás, eu achava que fossem verdade. Porque até os 17 anos, eu acreditei que ele viria e me levaria para Neverland... Estou com 19 anos. Pois é, ele não veio. Mas vive dentro de mim. Eu serei criança até quando achar que devo. E hoje, eu acho que devo ser para sempre.





Ordinary Day (Vanessa Carlton)



Just a day, just an, ordinary day
Just tryin' to get by
Just a boy, just an, ordinary boy but
He was looking to the sky and
As he asked if I would come along
I started to realize that everyday he finds just what he's lookin' for
And like a shooting star he shines, and he said
Take my hand, live while you can
Don't you see your dreams lie right in the palm of your hand?
And as he spoke, he spoke, ordinary words
Though they did not feel
For I felt what I had not felt before
And you'd swear those words could heal and
As I looked up into those eyes, his vision borrows mine
And I know he's no stranger
For I feel I've held him for all of time, and he said
Take my hand, live while you can
Don't you see your dreams lie right in the palm of your hand?
Please come with me, see what I see
Touch the stars for time will not flee
Time will not flee, can't you see
Just a dream, just an, ordinary dream
As I wake in bed
And that boy, that ordinary boy
Was it all in my head?
Didn't he ask if I would come along
It all seemed so real, but as I looked to the door
I saw that boy standing there with a deal, and he said
Take my hand, live while you can
Don't you see your dreams lie right in the palm of your hand?
Just a day, just an, ordinary day
Just tryin' to get by
Just a boy, just an, ordinary boy, but
He was looking to the sky



O víedo



  • Coloquei um link apenas com a música no canto direito do blog. É mais fácil pra quem não quiser assistir, dá pra ler e ouvir ao mesmo tempo.


segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Viva La Vida

Nada brilha mais que a vibe da tua alma
O bem e o amor superam tudo
E quando o sol invade os olhos
É so pra te lembrar
Que o bom da vida não tem preço
É hora de acordar

Quanta coisa ruim a gente espera acontecer na vida pra se dar conta de que estar aqui, exatamente agora, é um presente imensurável?
Não aconteceu nada de ruim comigo e eu agradeço a Deus por isso. Também não aconteceu nada de extraordinário; eu não amanheci magra, nem ganhei muito dinheiro, e meus problemas não sumiram...
E será que nós precisamos esperar por uma desgraça ou um milagre pra se dar conta de que verdadeiros milagres acontecem todos os dias a partir do momento em que abrimos os olhos?
Não quero olhar pra trás daqui alguns anos e me arrepender de tudo que eu fiz e de tudo que deixei de fazer por não ser "magra o bastante".
Eu quero viver. Quero fazer parte da minha vida. Quero ter uma história pra contar um dia. E quero, principalmente, poder me orgulhar dela.
Essa noite eu vou me lembrar de juntar as minhas mãos e agradecer a Deus por tudo.

Ótima semana pra vocês! Se cuidem!



CARPE DIEM!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Gossip

Gossip 1
Na primeira semana de aula da faculdade, eu parei pra tomar água em um bebedouro e tinha duas meninas da minha sala por ali; a "1" e a "2". Nem prestei atenção nelas!, mas aí uma delas falou:
1: Nossa, agora quem emagreceu foi ela!
2: A Barbie?
*Opa! A Barbie era eu! Olhei pra elas*
1: É, olha só!
Barbie: Eu?!
1: É você emagreceu muito!
Barbie: Sério? Obrigada! (:

Gossip 2
Essa semana, na minha sala, eu entrei muda e calada e sentei no meu lugar. Minhas colegas da fileira da frente olharam pra mim quando eu sentei.
- Oi, Barbie! E essa roupinha aí?
- O que é que tem? - perguntei.
- Você tá parecendo a Barbie. (a Barbie boneca mesmo ¬¬º)
- Ah, claro! ¬¬º - respondi.
- Tá parecendo a Mía Colucci! - disse uma outra. (obs: Mía Colucci é a minha personagem favorita no mundo inteiro! Era interpretada pela Anahí)
- É mesmo! - respondi - A Mía Colucci em tamanho GG!
- Nossa, vai começar! A anoréxica!
Todas riram. Eu nem liguei, já tô acostumada. Respondi:
- Então eu vou entrar pro Guiness. A única anoréxica gorda do mundo.
E elas continuaram rindo.


Desde que voltaram as aulas, eu emagreci 5kg. Não achei que desse pra notar que eu emagreci! Oo' Mas é bom mesmo que esteja dando. Se estão falando né, deve ser verdade. Não gosto desse tipo de comentários, me irritam! Mas o que nós podemos fazer?


Acabei de concluir um NF de 40 horas. Fazia tempo que eu não fazia, estava precisando. Queria fazer pelo menos 48h, mas hoje quando terminou meu expediente, tinha festinha pra uma colega nossa. Que ódio! Tentei dar uma enganada, não comi salgadinho nenhum, mas quem disse que eu consegui sair sem comer um pedaço do bolo? Droga!
Aí eu comi o bolo, tomei Coca e saí disparada. Fui ao banheiro. Miei o que pude, o gosto do suco gástrico estava muito forte por causa do NF, eca! Senti umas dorzinhas no peito, coloquei a mão no coração e senti que ele estava acelerado! Nunca tinha reparado essa alteração, olha que desnaturada!
Mesmo assim, eu eliminei o que foi possível. Volto pra mais um NF. Amanhã tem baladinha, espero que eu consiga me divertir. Vou pra balada de NF, tenho que me cuidar!
Fiquei com muita raiva desse bolo. Ontem quando eu cheguei em casa quase meia-noite da faculdade tinha um monte de pão doce, pão-de-queijo, pão recheado, torta, Pepsi...! Um monte de coisa! Tudo porque mais cedo teve uma reunião lá em casa e a minha mãe serviu aquela tonelada de comida para as visitas. Mas eu mal olhei, nem cheguei perto. Não foi nada difícil cumprir essas 40h, nem senti dor de cabeça.
E depois de tudo isso, me aparece um bolo de aniversário! Argh!
Pois é, mas eu já estou compensando... Se cuidem e desejo muita força para o fim de semana! Beijo, beijo! <3

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Depression

Fui à consulta com o psicólogo na sexta-feira. Já fui armada, ensaiei respostas, inventei mentiras.... Tirei coragem de não sei onde, mas todas as minhas armações foram por água abaixo. Tinha um rosto muito bondoso, o Doutor. Só não tive coragem de falar sobre a Ana e a Mia...
Contei sobre a minha vida, conversamos. Era uma triagem e meu diagnóstico foi depressão. Arregalei os olhos.
Então agora estou fazendo terapia, começou hoje. 40 minutos semanais. Acabei de chegar de uma. Estou me sentindo em paz por estar fazendo algo por mim. Mas quando eu saí da sala, meu pensamento foi: "eu sou uma anomalia!".
Quer dizer, a depressão é conseqüência de algo. No meu caso, não houve separação, nem mudanças bruscas, nem perdas e nem nada que desse origem a essa depressão. Foi a Ana. Porque (não sei se todas sabem) eu só vim a ser Mia mais tarde...
Mas quando ele me perguntou se eu me lembrava de algo, eu não tive coragem de dizer. E acho que nunca terei... Mas mesmo assim, os meus sintomas são de uma pessoa depressiva. Sempre desconfiei, mas... Deixa pra lá. Agora está diagnosticado.
O que acontece é que eu estou omitindo o motivo principal. Então estou tratando o que? Se a causa continua ali, intocada? Concordam que é contraditório? Enfim...
O Doutor me explicou que o tratamento é por terapia, inicialmente. Ou seja, é psicológico. Só será psiquiátrico se não der certo... Também disse que por vezes ele usa a hipnose. E eu desconfio que a tenha usado hoje...
Minha próxima consulta é na próxima segunda. Tenho uma semana pra pensar direitinho em como eu vou conduzir isso... Minha família não sabe disso. Nem meus amigos. E nem ninguém além de nós aqui do blog. Não pretendo contar nada. Pero... A ver...
Mudando de assunto, meu fim de semana foi até bom. Comi o que não devia (ontem) e mais de uma vez, pra ser sincera. E, por isso, vomitei mais de uma vez. Sim, foram várias vezes. Passei o dia vomitando... Mas, pelo menos, minhas calças estão mais folgadas.
Tomei laxante antes de dormir, então não dormi direito a noite toda! Mas eu estava constipada há uma semana! Bah, mas eu não gosto de falar sobre isso hehe.

Boa semana para todas, muita força!

Beijo.


sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Quantas Vidas Você Tem?

Antes de mais nada, já aviso a todas vocês que eu não fui ao médico terça-feira.
Terça-feira foi um dia em que eu fui colocada à prova e percebi que eu realmente não tenho limites e muito menos autocontrole.
Eu estou tentando me livrar da Mia, porque graças à ela eu engordei 14kg desde o final de 2006 e joguei o meu IMC 15,6 pro espaço! Graças à ela, a minha garganta vive cheia de pus e eu vivo rouca. Graças à ela, eu me descontrolo na frente de qualquer tipo de comida que, como um ímã gigante, faz com que eu me encha de mais toneladas de comida. Mesmo após um dia inteiro de LF ou NF.
E eu realmente ia na droga da consulta terça-feira. Mesmo porque o primeiro médico em que eu havia ido ficou preocupado pelo fato de a minha pressão estar muito baixa e ele suspeitava de problemas cardíacos ou renais. E foi como se eu simplesmente dissesse um "foda-se" pra tudo isso dia 5, quando sucumbi diante de um prato de comida nojento! (eu eu nem gosto de arroz e feijão!). Passei a manhã e a tarde comendo e vomitando. Descontroladamente, tudo que eu via na minha frente.
Não fui à consulta, não fui à faculdade. Como sempre, fiz tudo errado...
Ontem e hoje correu tudo conforme o planejado. 300 cal, no máximo. Hoje eu já comi meio mamão pequeno, 1 pêra e 1 maçã. E hoje eu tenho psicólogo. (!!!)
Não sei se vou ter coragem. Eu sei que eu preciso ir, mas eu acho que nunca vou conseguir falar sobre a Ana e a Mia. Acho que não vou conseguir falar nada. Nunca consigo. Mas eu vou, nem que seja pra ficar muda. Não preciso nem dizer que estou com medo.
Queria saber onde vai parar a minha coragem nessas horas. A arrogância que os meus pais dizem que eu tenho. Queria saber de tanta coisa...!
Talvez eu finja, simplesmente. Interpreto apenas mais um papel. Minha vida é assim, pode parecer ridículo mas, quando eu sinto medo de fazer alguma coisa, eu penso: "faz de conta que é um filme" e eu vou lá e faço, mesmo com as pernas bambas e um nó na garganta. Acho que vai ser assim, mais uma vez. Criar um novo papel, uma nova vida de faz de conta.

Assim que puder, visito vocês. Tudo vai ficar bem.
E eu ainda estou devendo a brincadeira da música. Fica pro próximo post, já demorei demais nesse.

Beijos;*



segunda-feira, 4 de agosto de 2008

A Barbie Vai ao Médico (Parte I)

"A Barbie perdeu 2kg desde a última vez que postou aqui. E ela estava tão empenhada em seguir seus planos que deu o melhor dela para conseguir parar de vomitar, já que pequenas manchinhas de sangue insistiam em aparecer cada vez que ela o fazia. Para parar de vomitar, ela precisava comer cada vez menos. E ela estava indo bem, quase já podia sentir um pouquinho de orgulho dela mesma. Mas algo deu errado e seu empenho foi interrompido por litros de soro na veia que a fizeram engordar 1,5kg. Seriam 3,5kg perdidos ao invés de 2 se ela não tivesse desmaiado no domingo.
Então ela teve que passar por uma consulta médica, que lhe rendeu uma outra consulta. Amanhã. Uma pilha de exames serão feitos. Mais uma porção de perguntas terão de ser respondidas. Tudo outra vez. E ela já está ficando cansada".

Consumi quase 400cal hoje. Miei um pouco agora há alguns minutos. Estou meio tonta ainda, sabem? Tudo parece girar, parece meio irreal. Hoje é meu primeiro dia de aula depois das férias. Na verdade, eu estou voltando hoje. E me sinto horrível. Só queria sumir daqui.

Amanhã eu tenho médico. Desejem-me sorte.

Beijos, boa semana.


terça-feira, 15 de julho de 2008

Perdida por dentro

Eu não saberia te dizer
Porque ela se sentia daquele jeito
Ela se sentia assim todos os dias
Eu não pudia ajudá-la
Só a via cometer os mesmos erros novamente
O que está errado, o que está errado agora?
Problemas demais, demais!
Ela nem sabe qual é o seu lugar
Abra seus olhos
E olhe lá fora
Descubra o motivo pelo qual você foi rejeitada
E agora você não pode encontrar o que deixou pra trás
Ela esconde seus sentimentos
Não consegue encontrar seus sonhos
Ela está perdendo a cabeça
Está caindo
Ela não consegue achar seu lugar
Ela está perdendo a fé
Ela está sem esperanças
Ela está por aí
Ela está perdida por dentro


A verdade continua oculta, eu continuo escondendo até quando puder. Acho que isso é o que eu realmente tenho, algo que é inteiramente meu de verdade e que vai estar sempre comigo, nunca vai me deixar. Acho que até gosto do meu segredo.
O que faço agora é tentar controlar a compulsão e parar de miar. Comer menos a cada dia.Controle, controle, controle... A Anna está voltando. Ela sempre volta.

Beijo;* SE CUIDEM!!

"A vida está sempre começando"


TrastornoGrado
ParanoideMUY ALTO
EsquizoideMODERADO
EsquizotipicoMODERADO
HistrionicoMODERADO
AntisocialMODERADO
NarcisistaMUY ALTO
LimiteALTO
Obsesivo-CompulsivoMUY ALTO
DependienteMODERADO
EvitadorMUY ALTO



Test de personalidad

PS.: Pra quem entende espanhol, eu recomendo fazer o teste aí de cima! Eu achei bem interessante :)

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Y el universo conspire si!!

Domingo a noite, dia 22 de junho eu vomitei sangue. Nao um pouco, uma mancha. Durante a semana tambem. E eu senti medo de verdade, como nunca havia sentido antes. E pedi outra chance pra Deus. Pedi pra que Ele me desse tempo pra ser boa de novo. Pra consertar as coisas.
Nao tive coragem de contar a ninguem. Me senti tao sozinha! Fui ao medico depois de uma semana do acontecido. Disse que foi um refluxo, e o diagnostico foi claro: hemorragia gastrica baixa.
E o que eu vou fazer agora? Tenho que tomar remedio, tenho que voltar ao medico. Tenho que fazer um acompanhamento.
Eu nao sei o que fazer, eu nao quero morrer. Tenho medo.
Esses dias eu tenho refletido muito sobre o valor da minha vida. Acho que eu nunca parei pra pensar realmente sobre isso. Mas quase todas as noites eu durmo contando as minhas pulsações. As vezes sao 40, 45 batidas por minuto. Da medo de morrer dormindo. E quando voce sente esse medo de verdade, voce percebe a importancia de acordar no dia seguinte.
Talvez tenha chegado a hora de contar toda a verdade. De tentar viver de verdade. Porque aos 19 anos eu estou cansada... Cansada demais de tudo isso.
Agradeco por tudo que voces ja fizeram por mim. Eu nao sei mais como vai ser daqui pra frente... Mas tenho que acreditar que vai dar tudo certo. Y el universo conspire si!


segunda-feira, 16 de junho de 2008

"Achamos que temos família e amigos...

...Mas quando algo grave acontece (quando algo realmente grave acontece) nós não podemos contar a ninguém"...

..."Mas nós não podemos contar a ninguém. Se você decidir o contrário, e contar como eu te faço viver, todo o inferno vai voltar! Ninguém pode descobrir, ninguém pode quebrar esta concha que eu tenho construído com você! Eu criei você, magra, perfeita, minha criança lutadora! Você e minha, e só minha! Sem mim, você é nada! "...

..."E se não fosse pelas amigas, ela seria encontrada desmaiada em meio à uma poça de vômito no banheiro. Mas no dia seguinte ela está eufórica e sorri como se nada tivesse acontecido"

  • Mudei para minha casa nova e eu sinceramente espero me acostumar com a mudança algum dia.
  • Terminei todas as minhas provas. Passei em todas as matérias direto, graças à Deus.
  • Entrei em coma alcoólico sábado, dia 07 de junho.
  • Marquei psicólogo porque a minha situação estava chegando a extremos e eu não estava mais aguentando sozinha... Mesmo assim, eu não fui.
  • Continuo vomitanto todos os dias :(
  • Emagreci 3,5kg

"Nossa coragem é do tamanho da nossa dor"

segunda-feira, 26 de maio de 2008

The Secret

Alguém aqui já leu O Segredo? Eu comecei a ler hoje. É um livro que ensina a obter o sucesso em qualquer aspecto da sua vida usando o poder da mente. Eu estava com medo dele! haha mas sei lá... Espero que comigo dê certo (:
Eu estou muito chateada com algumas coisas, meu namoro não vai bem, certas pessoas no meu trabalho fazem com que eu me sinta mal de propósito porque não gostam de mim, alguns amigos estão mudados (mas acho que eu sou o problema) e tem um monte de matéria que eu preciso ENTENDER pra poder fazer a prova! Droga!
Já faz 2 meses que eu não menstruo, acho que parou outra vez. Tenho sentido muita dor de cabeça... O desânimo voltou com tudo, não quero mais fazer nada! Acordo torcendo pra hora passar logo pra eu voltar a dormir... Minha insônia está dando uma trégua...
Quero me inspirar no meu livro pra secar! Não me pesei desde que postei pela última vez, e nem quero. Eu fiz algumas besteiras... Mas quando eu voltar, espero ter perdido um pouco dessa banha. Beijo, meninas! Boa semana! E estudem, viu? Eu prometo que vou estudar! Bye!



PS: a Andie me explicou que o 'verniz' do questionário se referia a esmalte. A minha pessoa não sabia! haha Pois nesse caso, eu prefiro cores escuras, café é a minha cor favorita, mas eu também gosto bastante de vermelho! (;

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Re-repassando a coroa

Eu não conhecia as regras, desculpem! Não sabia que tinha que esperar uma semana pra repassar e nem que eu não poderia repassar pra alguém que sumiu, obrigada por avisar, criadora do selo! ;)
Entonces, eu que não postaria até a próxima semana (sim, horrível, mas eu deveria estar digitando a minha monografia agora) volto pra re-repassar a coroa pra uma pessoa que realmente merece o selo de 'Blog Thinspo' porque ela é uma thinspo de verdade. A coroa vai para Nise. Tenho que indicar alguém que considero e eu a considero muito! Além disso, ela faz jus ao título. Agora é sua, gata! Com todo merecimento e mais um pouco!

Aproveito pra dizer que está tudo bem, estou emagrecendo. Ontem minha vó disse que eu estava gorda e minha mãe disse que eu comia muito, mas eu tenho vomitado, então, continuo emagrecendo. Estou com 1,5kg a menos do que eu estava quando postei pela última vez, mas eu vou fazer de tudo para que os números baixem ainda mais. Hoje eu comi 2 pêras e 1 maçã e tomei um copinho de café com açúcar. Me arrependi de ter tomado, mas eu precisava conseguir ficar acordada no trabalho (como se um copinho fosse fazer algum efeito, mas ajuda psicologicamente se eu achar que faz).
To completamente largada hoje; jeans, camisetinha branca, um casaquinho de moletom, crocs, lápis borrado, cabelo preso de qualquer jeito... Um horror, queria ir embora! Meu humor segue feito montanha russa, pra variar. Estou um pouco chateada com a minha melhor amiga, com alguns amigos, com algumas coisas no trabalho... Mas essas coisas passam. Sempre passam. Beijo, sejam fortes, fiquem bem!


Um objeto: livro
Um mês: Maio
Um número: 7
Uma cor para verniz: oi?
Uma língua: Italiano
Um filme: Peter Pan
Um pecado: gula
Um animal: gato
Um signo: leão
Um lugar: a casa da minha vó
Uma frase: I still believe
Um cheiro: da chuva
Uma parte do corpo em nós: olhos
Uma parte do corpo de um namorado: costas
Um sentimento: arrependimento
Um verbo: acreditar
Um estação: Outono
Um instrumento musical: guitarra
Uma bebida: Coca-Cola light
Uma fruta: morango
Uma comida: (?)
Um gosto: qualquer gosto adocicado.
Um dia da semana: domingo
Um brinquedo: Barbie
Uma roupa: jeans
Uma dúvida: a existência da felicidade verdadeira
Um medo: decepcionar a minha família
Uma música: Sálvame, RBD
Uma divisão da casa: meu quarto
Um produto de maquilagem: lápis
Um feriado: Natal, sempre!
Uma nota musical: mi
Uma futilidade: comprar, comprar, comprar tudo que eu vejo!
Uma profissão: atriz de teatro
Uma qualidade: gentileza
Um defeito: bipolaridade
-
Parte II
O que vais mudar em ti (no teu aspecto) assim que conseguires alcançar o teu peso ideal?
Como eu posso saber o que vai mudar? Não sei. Só espero que eu possa me olhar no espelho e não sentir nojo ou vergonha de mim mesma.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Repassando a coroa

Volto pra postar mesmo sem poder, mesmo com mil trabalhos, mesmo sem tempo até pra dormir! Volto pra repassar o selo que ganhei da Ana Paula! Primeiro eu preciso dizer que não entendo direito como funciona esse lance do selo. Eu ganhei e repasso, é isso? Já vi que sou anti-social até aqui, nem sabia que estava tendo isso, não sei quem já ganhou! Mas eu repasso aqui nesse post. Só que antes ainda, eu gostaria de agradecer a Ana Paula, não só pelo selo, não só por tudo que ela significa pra mim, não só pela diferença que ela faz na minha vida, mas também pelo simples fato de ela fazer parte da minha vida. Pode parecer meio clichê, mas é mais que sincero; é puro! Ana, obrigada por existir! Te amo!
Eu não me acho nada digna de receber esse selo, pra mim, isso é uma coroa!, mas eu prometo pra vocês que eu vou fazer de tudo pra me tornar. Então, agora, eu o repasso pra uma pessoa que eu admiro, que é um exemplo de força, que está nessa luta há anos e anos, que não desiste, que não se entrega. É uma menina linda, que eu tive a sorte de conhecer e me tornar amiga dela. Essa menina é a Netotchka! Que tem os motivos dela pra estar sumida, então talvez o selo empaque um tempo por aqui ou por lá, sei lá. Mas é pra ela. Amo você, amiga!
Missão cumprida! É provável que agora eu suma por um tempo, preciso estudar e fazer meus trabalhos. Tenho planos de dieta pras próximas semanas, vou dar o meu sangue pra seguir tudo à risca! Sei que não vai ser fácil deixar a Mia, mas eu estou tentando ser forte. Tentando passar algo bom pra vocês, reclamar menos. Ninguém precisa saber que eu estou chorando por dentro.
Se cuidem, fiquem bem! Força pra todas, visito vocês quando puder. Beijo! I still believe!

P.S.: Dia 11 de maio de 2008 foi o dia mais perfeito da minha vida! Gente, a Anahí é perfeita! Amo mais do que nunca! (L)

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Dezenove!

A sensação de ter 19 anos é a mesma de ter 18, então por que fazer aniversário? Queria parar no tempo, pra não envelhecer mais! Pois é, e isso é tão impossível quanto querer voltar no tempo pra ser criança de novo. O Peter Pan esqueceu de mim :(
Bom, meu aniversário não foi assim tão perfeito. Sei lá, não consegui me sentir muito bem. Miei três vezes, ivoluntariamente. Tipo, eu não forcei, só corri pro banheiro e me reclinei sobre o vaso. E saiu.
Anyway, acho que as coisas estão voltando pro lugar. E, mesmo que não estejam, eu não vou desistir. A minha própria apatia me cansou. E deve ter sido toda a pressão por emagrecer logo que me fez enfordar ainda mais. O desejo de estar magra no meu dia, aquela coisa. Não deu certo, já passou, agora já era.
Essa é uma nova etapa, um novo começo. Tudo vai dar certo, eu vou secar até os ossos! Já começou!
Hoje eu estou de NF!
I still believe! Still Strong!

Foto da Any! Porque nesse fim de semana eu vou vê-la com os meus próprios olhos! *-* vou gritar que te amo, Any! O dia do show que vai fazer São Paulo tremer está chegando! (L) Empezar Desde Cero!

"Às vezes, a única maneira de vencer é morrer tentando".

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Again!

São sempre aqueles mesmos pensamentos, aquele mesmo sentimento de fraqueza e a porcaria da desesperança. Total. Eu acho que não acredito mais que possa sair dessa um dia.
Porque o fracasso nunca foi tão comum pra mim. Eu nunca passei tanto tempo assim engordando e vomitando sem parar. Nunca debocharam tanto de mim por causa do meu peso, eu nunca passei tanta vergonha, eu nunca me senti tão mal!
Não quero ninguém me olhando, me tocando, não quero mais tirar foto e me olhar no espelho. Não queroa sair de casa, tirar meu pijama e pôr um jeans apertado. E não quero mais me sentir um lixo o tempo todo!
Estou começando a achar que isso está passando um pouco dos limites. Porque eu acho que, no fundo, todo mundo é infeliz. Mas eu conseguia esquecer e me divertir um pouco e, às vezes, até bastante pelo menos nas festas. Não consigo mais.
No casamento do meu primo, eu fugia das fotos, murchava a barriga, tentava sorrir... Quis ir embora. Estava tudo lindo, tentei dançar, fiquei com vergonha, parei e... Quis ir embora.
Não quero ficar na faculdade, não quero ver meus amigos e nem meu namorado. Acho que eu não mereço nada que eu tenho. Mas eu só queria ser magra, não estou pedindo muito. Eu só quis ser magra. Nunca quis aprender a miar e viver fazendo isso. Juro por Deus que não me lembro exatamente como comecei a fazer isso e não imaginava a proporção que isso poderia tomar. Eu só queria ir pra casa e dormir. Pôr a cabeça no travesseiro e pensar que dias como esse sempre passam e esse também vai passar. Mas eu sei que não vai.
Talvez, eu possa começar a pensar na possibilidade de ter depressão. Talvez.
O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
(Mia) Eu estava em paz quando você chegou.
Eu não queria estar tão gorda no meu aniversário.

(Na foto: a Diva das Divas, Anahí!)

Se cuidem e sejam felizes. Aproveitem a vida, porque ela é mais curta do que a gente imagina. Beijos;*

quarta-feira, 30 de abril de 2008

cold weather, coffee, cigarettes...!

Meus planos não deram lá muito certo. Tive uma queda de pressão ontem que me fez parar no ambulatório de onde eu trabalho (pela segunda vez em dois meses), mas dessa vez eu não cheguei a desmaiar. Só estava sentindo muita tontura. Minha pressão estava 8 por alguma coisa. Não estava tão baixa... Minha mãe acha que é porque eu estou dormindo pouco e ando muito nervosa. Disse que problema de alimentação não é porque eu estou...
- Gorda! - eu fiz o favor de completar a frase pra ela.
- Não gorda. Você está bem. Deve ser o cansaço. Você precisa dormir mais, parar de andar pela casa de madrugada.
Haha! Eu realmente sei o que todos pensam de mim. Que eu estou beeem, digamos, cheinha. E eu sei também que a culpa é toda minha.
Meu LF ontem não foi lá muito bom. Nada na minha vida é lá muito bom. Mas hoje eu não estou ligando. Sei lá, me desliguei. Precisava. Na segunda-feira à noite e terça de manhã eu senti tanta dor na cabeça, um formigamento estranho na região da nuca, que eu poderia jurar que o meu cérebro estava dando choque. Sei lá. Não tomei remédio, dificilmente tomo. Talvez seja mesmo emocional, psicológico ou todos esses tipos de coisa que me disseram.
Só sei que hoje está um friozinho tão bom! Com direito a garoa e tudo. Quem é de São Paulo sabe bem do que eu estou falando ;) E eu estou me sentindo segura, apesar da minha gordura. (Oh, it's amazing! Hohoho). Isso faz com que eu me sinta tranqüila... É tão estranho! Haha.
Pode ser que daqui dois segundos essa segurança passe e eu volte a remoer o quanto eu me odeio, o quanto minha vida tá bagunçada e o quanto eu sou deprimente. Mas não vale a pena porque, me odiando ou não, de qualquer forma eu vou parecer uma porca de vestido no casamento do meu primo, na sexta-feira. E, pra acabar ainda mais comigo, falta exatamente uma semana pro meu aniversário. Perfeito! ¬¬'


segunda-feira, 28 de abril de 2008

Sim, eu tenho estado mal...

Mas quando eu voltar, vocês vão saber.

Mais uma semana desgraçada a que passou. Depois das compulsões e das faltas na faculdade (porque ao invés de estar assistindo aula, eu estava comendo) cheguei no meu limite de faltas em uma matéria. Mais uma é DP. Em outra matéria já era. Estourei por uma e preciso conversar com o meu professor. Tirei 8 na prova dele. Eu entendo a matéria. Vai ser muito ridículo (da minha parte, é claro) ficar de DP por causa de uma falta idiota.
Hoje eu acordei e levei um tempo pra entender o motivo de estar me sentindo tão mal. Fui me lembrando aos poucos que a minha vida está uma bagunça e comecei a chorar. São minhas faltas, meu problema de relacionamento com a minha família, minha falta de concentração em TUDO, o mooonte de conta que eu tenho que pagar ("Você gastou sozinha, então vai pagar sozinha. Quando você vai crescer?" by mom. "Você soube gastar, agora se vira" by dad) e como se não bastasse, ainda tem meu peso... O maldito peso record!
Engordei 1kg na semana passada. 1kg daqueles 2 que eu tinha perdido. O fim de semana foi um desastre, melhor nem comentar. Minha mãe falou que eu preciso fechar a boca se quiser estar bem no vestido de festa que eu vou usar essa semana no casamento do meu primo. Vai se foder! Não sabe o que quer!
De qualquer forma, hoje eu estou de NF. E não vou falhar, nada vai me derrubar. Faz séculos que eu não faço um NF decente. Amanhã e quarta, só frutas. Preciso tirar o máximo de gordura possível desse meu corpo nojento até sexta, dia do casamento.


Boa semana pra vocês, meus amores. Beijo;*

sexta-feira, 25 de abril de 2008

E não é fácil viver assim

Essa semana eu mantive o meu maldito peso, com cada grama e cada quilo.
Tive uma compulsão estúpida na terça-feira. Estava no bus, indo pra faculdade quando do nada (juro que é do nada mesmo) levanto, dou sinal e desço no ponto do Carrefour. Andei por lá totalmente desnorteada e eu conheço aquele mercado há anos. Não entendo o que dá em mim às vezes. Mas aí tentei pensar. Planejei a minha compulsão. Vergonhoso, não?
Decidi o que queria comer. Decidi que compraria TUDO que tivesse com VONTADE de comer. Então, comprei uma torta de chocolate, um pacote de batata Ruffles, uma barra de chocolate ao leite, uma caixinha de Mentos Teens, um pacotinho com um bolinho recheado tipo Ana Maria, uma barrinha pequena de chocolate branco, dois potinhos de Danette de chocolate e dois de chocolate branco e... Uma Coca-Cola zero, porque a Coca normal engorda ¬¬'
Passei o cartão (nem vi quanto deu! Mas dessa vez até que não foi tanto quanto das outras) e peguei as três sacolas e corri pro banheiro. Me tranquei no último box e comecei a comer. Comi primeiro a torta. Na metade, eu não queria mais. Depois comecei a comer a batata e assim foi. Ia comendo um pouco de cada porque não agüentava mais o gosto e nem a quantidade. Mas me forcei. Me xingando o tempo todo. Lembrando das palavras da Andie sobre ruptura gástrica. Pedindo pra Deus não me deixar morrer ali.
Com a cabeça encostada na parede, senti o terremoto. Mas eu não sabia que era o terremoto. Pensei que fosse a minha cabeça enlouquecendo de vez.
No fim, sobrou um potinho de Danette, mais de 1/3 da torta, o bolinho recheado e a barra de chocolate ao leite. Isso eu não agüentava. Resolvi guardar pro próximo ataque da noite (eu sabia que teria outro e não queria gastar mais). Só a torta mesmo que eu joguei no lixo. Então, miei o que pude, saí do banheiro, lavei o rosto e fui embora.
Tinha perdido aula, tinha engordado, tinha feito a mesma merda de sempre.
Abri a barra de chocolate e fui socando na boca sem sentir vontade, comer pra me castigar, como se fosse um "bem feito por ter comido, sua vaca gorda! Tomara que isso aumente ainda mais as suas banhas".
Não queria comer. Estava enjoada de tanto chocolate!
E então, saindo na rua, um grupinho de meninos de no máximo uns 8 anos de idade estava sentado na calçada. E eu com a barra de chocolate na mão, praticamente inteira. Eles me pediram um pedaço. Dei tudo. Dei o Danette que sobrou e o bolinho também. Eles agradeceram, ficaram superfelizes, mas eu não consegui olhar. Estava chorando.

O restante da semana foi melhor. Tentei um NF na quarta, mas descobri que não tenho mais capacidade pra isso. Pelo menos por enquanto. Tem acontecido muitas coisas comigo. Hoje minha mãe me ligou pra saber como eu estava porque meu pai e ela estavam preocupados, disse que eu estou muito abatida, que fazia tempo que não me via assim. Perguntou se eu estava me cuidando e pediu pra eu "não fazer nada que dê preocupação a eles ou que os chateie".
O que será que ela está pensando agora? Comentei sobre isso com a minha prima hoje. Ela acha que minha mãe vai querer me mandar pro médico e psicólogos outra vez. Eu realmente espero que não porque não quero mais conflitos. Pelo menos, não conflitos diretos. Eu não estou disposta a ir de boa vontade, então, é melhor esquecer de vez essa idéia.

Meninas, me desculpem se vocês se decepcionam todas as vezes que vêm aqui. Mas assimilar a Mia com tudo o que eu tenho que fazer não é nada fácil. Estou tentando deixá-la, juro! Mas, se fosse tão simples, não teríamos no mundo milhões de garotas passando por isso. Só peço que não me abandonem porque eu preciso de vocês, de verdade. Muito obrigada por tudo! Me ajudem a voltar a ser o que era, please! Desculpem pelo post quilométrico! Não vou escrever tanto das próximas vezes. Não tô muito legal. Quero ir pra casa, quero minha cama, meu quarto, to com nojo de mim, quero chorar, sumir, deixar de ser eu... Tô um porre! Ninguém me suporta, eu acho. Nem eu.
Beijo, bom fim de semana! Comento no blog de vocês assim que puder! E linko quem tiver que linkar ;)


"Se eu quiser chorar não ter que fingir,
Sei que posso errar, que é humano se ferir.
Parece absurdo mas tente aceitar,
Que os heróis também podem sangrar,
Posso estar confuso mas vou me lembrar
Que os heróis também podem sonhar
E não é fácil viver assim..."

sexta-feira, 18 de abril de 2008

I still believe!

Sabe, eu já deveria ter aprendido que chorar não emagrece. Porque se para cada lágrima que caísse eu perdesse 1/3 de grama que fosse, eu já estaria magra. Preciso secar esse meu rosto gordo e continuar lutando. Lutando por uma felicidade que eu nem sei se existe, mas que continuo acreditando porque, afinal, preciso mesmo acreditar em alguma coisa...
Essa semana foi um borrão pra mim, eu não me lembro direito o que eu fiz ou o que comi. Sei que faltei três dias na faculdade, que terça-feira gastei 60 reais com comida, miei até meu fígado e depois tomei laxante. Sei que quarta-feira eu fiz 24h de NF e que, ao cumprir essas 24h, eu tive uma compulsão nojenta! Sei que perdi 2 kg... E que foi mais um fracasso pra quem pretendia perder 3,5 kg.
Queria me sentir feliz e comemorar esses 2 kg a menos. Não consigo. Nem me sinto como se não tivesse feito mais que a minha obrigação porque nem isso eu sinto que eu fiz. Porque 2 kg no meio de um monte de gordura não é lá grande coisa...
Minhas provas terminaram e eu não fui bem. Não tirei nenhum 10! Tirei 9 e 8... Mas não tirei 10. E teve uma matéria que eu fiquei com 1 ponto abaixo da média. Mas eu já sabia... Já esperava desde quando entreguei a prova pro professor e sentia as minhas lágrimas rolarem pelo meu rosto no carro, voltando pra casa. Estou com medo de estar ficando burra. Tenho que parar de ficar lendo livros na aula e prestar atenção na matéria. Tenho que me concentrar, por mais difícil que isso seja... Especialmente quando a matéria é um porre! Odeio esse curso!
Meu humor está uma droga, pra variar. Toda hora eu sinto que posso começar a chorar. Me irrito com quem gosta de mim e choro quando se irritam comigo. Levanto rezando pra que o dia acabe logo pra que eu me enfie na minha cama, mesmo que não durma, mesmo que a insônia não deixe. É como se somente lá eu estivesse segura. E longe de todos os olhares.
Amanhã vai ser diferente... Vai ser melhor. (Vai? ¬¬')
Bom, só sei que se meu destino é ser uma thinspo, (né, Andie?), então eu serei. Mas eu preciso erguer a cabeça e lutar pra isso. A bebezona chorona aqui está disposta a parar de choramingar e seguir em frente. Mesmo que tudo dê errado, eu vou continuar. Não vou desistir nunca. Pink promise!

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Fracassada!

Estou completamente gorda, muito gorda e não é coisa da minha cabeça. Nada que eu visto fica bem, meu rosto está horrível, inchado, estou feia, maciça! Não tenho me comportado bem, estou pior do que já estive, pensei até em procurar ajuda! Mas já desisti...
Engordei mais do que vocês possam imaginar, mais do que eu achei que fosse possível engordar em poucas semanas. Meus 290 reais do cartão de alimentação já acabaram. Gastei 70 reais com outras coisas, sem ser comida, mas o restante... Foi comendo... E isso em 8 dias!
Imaginem como eu não estou?
Eu sou medíocre, eu sei. Comer e vomitar, tomar laxante e ainda engordar tudo isso! Fiz coisas que eu prefiro nem comentar aqui, que eu gostaria de esquecer... E se antes meu sonho parecia distante, é como se agora eu tivesse acabado de distruí-lo.
Tenho medo de nunca realizar os meus sonhos, de não ser forte o bastante, de não ter mais coragem para lutar... Eu sinto que eu não tenho, sinto como se estivesse condenada a ser gorda pelo resto da vida... Comer e vomitar até quando meu corpo não agüentar mais...
Estou com vergonha, triste, dá vontade de jogar tudo pro alto! Me conformar com o fato de que eu nasci pra ser uma fracassada nojenta, uma bulímica de rosto inchado, uma gorda chorona que quer emagrecer mais do que qualquer outra coisa na vida, mas que não para de comer...
E eu sei que todos me olham e riem de mim, que zombam da minha cara por eu ser tão covarde e fraca! E eu odeio ser assim... Odeio ser quem eu sou e nunca odiei tanto! Só queria que ela voltasse... Ou que isso tudo acabasse logo de vez, mas tenho medo que termine assim.

quinta-feira, 27 de março de 2008

Entre o cansaço de tentar e desistir...

...Se é coragem, eu não sei.

Após todos esses desastres que eu tive cometido e, vergonhosamente, comentado aqui, eu volto pra dizer que estou de NF. Apenas no segundo dia, ainda tem amanhã... Mas dessa vez eu sinto que vou conseguir, eu sinto que posso fazer tudo voltar a ser como era. Eu sei que posso retomar o meu controle e é isso que eu vou fazer.
Já tomei 2 cápsulas de chá verde hoje. Acabei de pôr um Trident na boca e, por hoje, é só. Ontem eu tomei 7 comprimidos de laxante, estou me sentindo bem menos nojenta... Mas ainda estou com vergonha de sair.
Durante essas últimas semanas de crise, eu faltei demais na faculdade. O medo de sair de casa, a falta de vontade de fazer qualquer coisa, o ódio dos comentários, a vergonha da minha imagem... Agora mesmo, tudo que eu mais queria era estar no meu quarto, sozinha. Se meus pais não estivessem em casa, eu iria pra lá. É quase insuportável estar aqui, eu não quero ver e nem falar com ninguém hoje!
Mas eu estou às vesperas das minhas provas, trabalhos, mini-seminários, preciso me esforçar mais. Nunca tive tanto medo das provas como eu estou tendo dessas que estão por vir. Eu sempre me preocupei pra não tirar nota baixa, mas dessa vez, eu só falo nisso. Não posso ir mal, me sentiria mais inútil do que já me sinto... Por isso, talvez, fique um tempo sem postar, mas, podem ter certeza que, quando eu voltar, vou estar mais magra.
Tenho exame de sangue marcado pra sábado de manhã. Hemograma completo, porque desmaiei no trabalho na Sexta-feira Santa. (é, tive que trabalhar!). Da primeira vez que eu senti aquela tontura, eu bebi água, sentei, tentei me acalmar e voltei. Da segunda, foi rápido demais. Quando eu comecei a andar, eu só vi o chão vindo de encontro ao meu rosto e, quando acordei, já estava no ambulatório. Me disseram que eu precisaria fazer um hemograma e, como desculpa pra não fazer, disse que faria pelo convênio do meu pai, mas nem ia avisar a ninguém sobre nada lá em casa. (Não ia fazer nada!) Eles concordaram, mas me fizeram assinar um termo de responsabilidade me comprometendo a levar o hemograma porque, segundo eles, aquilo não foi uma queda de pressão comum e eles precisam se certificar de que está tudo bem comigo. Resultado: me fudi. Agora, minha família já sabe e, esse foi o assunto na casa da minha vó no domingo de páscoa. Minha mãe disse que eles estão certos em pedirem os exames porque, afinal, "empresa nenhuma se interessa por gente doente".
Que ódio!
Espero que esses exames não acusem nada, senão eu me ferro de vez! Será que é pior fazer 3 dias de NF antes de fazer exame de sangue? Enfim, não vou mudar minha decisão por conta disso... Pior do que eu já estou, dificilmente eu fico.
Vou visitar vocês rapidinho, saber como foram de páscoa. Se querem mesmo saber, comi 3 trufas brancas e 1 pedaço do ovo de páscoa de mousse da minha irmã, mas miei.
Beijos e se cuidem direitinho na minha ausência!


PS.: Ainda não me decidi sobre a anfetamina, mas é bem provável que eu as compre.