sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Quantas Vidas Você Tem?

Antes de mais nada, já aviso a todas vocês que eu não fui ao médico terça-feira.
Terça-feira foi um dia em que eu fui colocada à prova e percebi que eu realmente não tenho limites e muito menos autocontrole.
Eu estou tentando me livrar da Mia, porque graças à ela eu engordei 14kg desde o final de 2006 e joguei o meu IMC 15,6 pro espaço! Graças à ela, a minha garganta vive cheia de pus e eu vivo rouca. Graças à ela, eu me descontrolo na frente de qualquer tipo de comida que, como um ímã gigante, faz com que eu me encha de mais toneladas de comida. Mesmo após um dia inteiro de LF ou NF.
E eu realmente ia na droga da consulta terça-feira. Mesmo porque o primeiro médico em que eu havia ido ficou preocupado pelo fato de a minha pressão estar muito baixa e ele suspeitava de problemas cardíacos ou renais. E foi como se eu simplesmente dissesse um "foda-se" pra tudo isso dia 5, quando sucumbi diante de um prato de comida nojento! (eu eu nem gosto de arroz e feijão!). Passei a manhã e a tarde comendo e vomitando. Descontroladamente, tudo que eu via na minha frente.
Não fui à consulta, não fui à faculdade. Como sempre, fiz tudo errado...
Ontem e hoje correu tudo conforme o planejado. 300 cal, no máximo. Hoje eu já comi meio mamão pequeno, 1 pêra e 1 maçã. E hoje eu tenho psicólogo. (!!!)
Não sei se vou ter coragem. Eu sei que eu preciso ir, mas eu acho que nunca vou conseguir falar sobre a Ana e a Mia. Acho que não vou conseguir falar nada. Nunca consigo. Mas eu vou, nem que seja pra ficar muda. Não preciso nem dizer que estou com medo.
Queria saber onde vai parar a minha coragem nessas horas. A arrogância que os meus pais dizem que eu tenho. Queria saber de tanta coisa...!
Talvez eu finja, simplesmente. Interpreto apenas mais um papel. Minha vida é assim, pode parecer ridículo mas, quando eu sinto medo de fazer alguma coisa, eu penso: "faz de conta que é um filme" e eu vou lá e faço, mesmo com as pernas bambas e um nó na garganta. Acho que vai ser assim, mais uma vez. Criar um novo papel, uma nova vida de faz de conta.

Assim que puder, visito vocês. Tudo vai ficar bem.
E eu ainda estou devendo a brincadeira da música. Fica pro próximo post, já demorei demais nesse.

Beijos;*



9 comentários:

Anna Dark disse...

Olha só, flor:

Uma pessoa muito especial me disse isso:

"... Sempre que vc enfrentar sua doença vai estar enfrentando tb os seus fantasmas... e os fantasmas que dirigem o TA não são poucos e tendo em vista suas origens num período muito primitivo torna ainda bem mais difícil o seu reconhecimento. Mas eles estão aí te tocando e tentando te inflingir medo para que vc não os enfrente e, quanto mais vc evita o confronto, mais forte eles ficam juntamente com seu TA. Enquanto vc vai se distraindo com o TA os verdadeiros problemas (os que causam o TA) vão sendo esquecidos.
Tá na hora! Tá na hora de enfrentar todos eles. Vai doer? Vai sim... não tem como evitar! Mas a recompensa é a cura...
E o que vem depois da cura? Certamente não é o que vc imagina... Talvez vc imagine o pós cura como uma espécie de vazio... um nada... um não ter pra onde ir... Mas não é nada disso!
O que vc vai ser quando não tiver mais TA? Tudo o que vc quiser ser! Até agora vc só foi onde o teu TA permitiu... e vc pode muito mais... vc é a única pessoa que não acredita nisso..."

Queria dividir essas palavras contigo, pois te considero tb muito especial em minha vida.

Espero que elas te toquem como tocaram a mim.

Semana que vem volto a minha análise sem medo de falar sobre o meu TA.
Vamos lá, amiga, chega desse filme de terror. Vamos juntas participar de um filme leve em que sejamos as protagonistas de uma nova fase de conquista... Bora??

Um beijo e um abraço grande.

Te adoro!!

PS: Se vc falar com a Ana Paula, peça PLIIIIS para ela responder meu e-mail, ok? Affe!
:o)

Bom final de semana, Mandy!

Anna Dark disse...

Barbiee!!

Não é a primeira vez que acontece de eu estar comentando no seu blog e vc estar comentando no meu na mesma hora. Eu adoro quando acontece essa sincronia!!!

Isso me deixa bem mais pertinho de vc!

Te amo amiga!!

Juu! disse...

Eu sumii. mas eu to de volta pra ajudar ..

mischa disse...

querida!! tu tens uma força invejavel sabias?? eu engordei tanto no ultimo ano... tou desesperada! raramente consigo vir ao blog e aos vossos cantinhos pq no trabalho é impossivel e em casa tenho medo que o meu namo descubra mas tou com voces sempre no pensamento! beijinho e força =)

Carolina Capellari disse...

Oie amore!
Obrigada pelas palavras carinhosas visse?
Ja te linkei ta?
Depois venho aqui com um tempinho extra!
Força!

::Ana Paula:: disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
::Ana Paula:: disse...

Amiga... Mesmo chegando lá e ficando muda, VÁ!! Mesmo morrendo de medo, interpretando um papel, VÁ!.
Vc não pode é ficar paralizada. Está lutando, eu sei. VC é forte e guerreira, sei tb.

Acredito muito em vc, nunca deixo de acreditar. Eu olho aquela foto sua (salvei várias do orkut) e eu sei que aquela menina vai vencer. Sei que ela é forte, mas tem medo. Sei que ela vai conseguir se livrar da mia.

........

mudando de assunto, saí com a Andie já duas vezes. claro que lembro da lady insane!! vc já se encontrou com ela? Vc aposta quanto que ainda dou um jeito de te ver? Amo vc princesa :*

Lisa disse...

Hay amiga!

Es dificil dejar a mia,

la comida es taaan tentadora

un pecado! la gula !

:S:S

espero que puedas librarte de esto

te quiero

cuidate

Porcelain.Doll disse...

Esta nas tuas mãos fazer alguma coisa para mudar. Ir no médico, ir no psicologo ou evitar um prato de comida seguido de vomito são os primeiros passos... Não desitas de ti!
Beijinho <3