segunda-feira, 20 de julho de 2009

Lamúrias

Eu entrei no banheiro e encostei a porta. Me inclinei sobre a privada e me livrei daquele monte de calorias. Do lado de fora, ouvi a voz da minha mãe:
"Ai, meu Deus!".
Na hora eu senti. E pensei: "Fodeu!". (Mas ela não estava no andar debaixo?!)
Não tenho certeza se ela viu através do buraco da fechadura ou se ouviu. O fato é que ela quis tirar a história a limpo. Disse que desconfiava que eu estava fazendo algo muito errado, e que isso já faz tempo. Disse que espera ter a oportunidade de confirmar isso pra me mandar pra um manicômio porque o que eu faço é coisa de gente louca. Mas ela disse que espera mais ainda que a sua suspeita se confirme como falsa, para que eu não esteja fazendo essas coisas, para que eu não traga mais problemas, para que eu não desperdice a minha vida e a minha inteligência, não despercide a minha saúde com isso.
E, daquele momento em diante ela me avisou que meus passos seriam controlados, meus movimentos vigiados. Tenho que tomar banho à tarde, antes de comer qualquer coisa. Se for pra escovar os dentes, a porta deverá ser mantida aberta. Enquanto ela estiver no andar debaixo, meu pai estará no andar de cima comigo e vice-versa. Eu não fico mais sozinha.
Isso aconteceu durante a semana. No fim de semana anterior, meu primo me perguntou sobre a Mia enquanto estávamos na quermesse. Eu fraquejei, tremi. Ele é meu irmão. Ele nunca lerá isso e nunca saberá como eu me senti por ter de mentir pra ele. Eu me senti a pior das criaturas! Um remorço que eu não sei como explicar! Ele quis entender porque eu disse que vomitava - durante aquela festa, na qual eu estava bêbada. - Desconversei, disse que não me lembrava, que provavelmente era alguma bobagem porque estava 'alta'. Ele me fez prometer que eu estava dizendo a verdade. Eu menti.
Mas eu espero que ele entenda. Esse fardo é meu e eu preciso carregá-lo sozinha. Não quero preocupá-lo. Não suportaria vê-lo sofrendo por mim...

Eu me sinto muito mal por todas essas coisas. Eu não queria ser assim, eu não quero mais! Eu quero ser livre, não quero mais me matar um pouquinho a cada dia, eu nunca quis morrer! Eu só queria ser magra, só queria ser bonita, por que esse inferno teve que começar?
Queria pedir perdão a todos que me amam (se me amam), e que nunca lerão isso. Perdão por decepcionar todos vocês, por preocupá-los, por ser um peso em suas vidas e por não ser digna de merecer nem metade do amor de vocês. Me perdoem. Por isso. Por tudo.

Agora não tem mais volta. Eu estou gorda, comendo horrores, ansiosa e sozinha. Não sinto que tenho o apoio das pessoas ao meu redor, as minhas amizades têm me decepcionado, eu sempre sinto que falta algo.
Na verdade, eu acho que ninguém se importa. A família é a única coisa que é pra sempre. A minha mãe. De resto, ninguém liga muito mesmo. Meu primo, talvez. Eu sei lá!
Eu tô triste, não tenho com quem contar! E eu fico calada, eu tô cada vez mais quieta. Tudo me fere, brincadeiras me ofendem e tudo me machuca. Tenho chorado muito, vou dormir chorando... Eu rezo e só peço pra Deus me perdoar e protejer a minha família. Não quero mais nada, não me atrevo a pedir mais. Eu tenho tudo e não tenho nada. Mas a culpa é minha. E eu mereço pagar por isso. Eu mereço tudo isso.
Eu vou agradecer o que vier. Independente do que seja. Que a vontade Dele prevaleça.


O resultado do vestibular sai hoje (20 de julho). Seja o que Deus quiser.

Força. Just stay strong.


-

4 comentários:

Atras da verdadeira identidade anaemia disse...

Minha kerida..as vezes qd a gente mais pprecisa das pessoas elas somem. Se esfumaçam. É foda. ACho q Deus é o unico q não nos decepciona. Espero q vc se controle p ke sua mãe desencaane e te deixe mais livre. Espero q vc consiga parar de miar (se bem q não ando sendo um bom exemplo)..mas eu neste fim de semana me senti literalmente ESCRAVA. E tive de ouvir minha avó dizendo: "voltou a vomitar neah? vai morrer menina"..menina eu com 23 anos, q mora sozinha e dou um desgosto desses. É foda. DUrante a semana sou o controle em pessoa..mas a casa da minha avó é um chamariz p compulsões. FODA. Mas eu kero parar de miar nos findes tb. E sei da dor ke vc sente, da sua agonia e tristeza. Uma vez meu psicólogo (qd eu ia) me disse q td ke eu fazia na minha vida ERA PQ EU KERIA!!! nham, eu sei. Na teoria e fácil..masss na realidade..eu keria me libertar. E sinto td a angustia da sua alma no seu post. E saiba q to aki torcendo por vc pois conheço a suaa dor. de verdade. Boa sorte linda!! seja feliz...bjs no S2

Dreamer disse...

minha twinn.

vc nao imagina o orgulho que eu tenho por ser sua amiga.. mesmo que nem nos tenhamos abracado..

Eu sinto um amor, uma forca q nos une.. e nao aguento ver quem eu amo triste... mesmo que esteja definhando... os outros, quero ver bem, sorrindo e felizes...

hoje minha mae conversou serio comigo.
os anos estao passando e eu tenho que tomar uma decisao na minha vida. tudo depende de mim. tenho 2 caminhos a escolher...
a gnt ficou quase 2 horas conversando, falando tudo. ela chorou tanto e isso me doi como punhais.
fiquei o dia todo com uma dor no coracao.. e uma dor de cabeca insuportaveis!
Amorr, eu tenho que escolher, e vc tb!
Nao quero adiar mais a minha felicidade..

Saiba que eu vou sempre estar com voce!
e parabens denovoooo *-*
te amo

Garota Interrompida disse...

É a primeira vez que vejo aqui mas já se senti muito comivida com vc. Nem td na vida é fácil, seu dilema e o meu dilema e posso dizer q sua dor é muito similar a minha dor.
Olha pode contar comigo
bjo

Anna disse...

Eu quero ser livre, não quero mais me matar um pouquinho a cada dia, eu nunca quis morrer!..é exatamente..
eu passei por tudo isso ano passado,quando meus pais descobriram..a unica diferença é q eu estava mtooo mais magra e me fizeram engordar e isso me desestimulo mmto,e com toda a vigilancia,volta a ser como eu era antes é quase impossivel...
e sobre se sentir sozinha,as amizades decepcionarem e vc estar cada vez mais quieta,chorando mto e absurdamente ofendivel com qualquer brincadeira..meu deus, TO NESSA FASE E TO DESESPERADA PRA SAIR! que de tudo certo na sua vida,forças..e não vc não tá passando por tudo isso pq merece,algumas coisas não são escolhas..:/