sexta-feira, 27 de novembro de 2009

É só o vento lá fora

Me desculpem por estar ausente há tanto tempo nos blogs de vocês. Sinto que devo isso a vocês, porque eu sei que vocês se importam.
E eu não quero preocupar vocês, nem ninguém. Nunca quis. Mas eu sinto que tudo é externo. Como eu posso explicar? Eu estou dentro do meu corpo e eu preciso me sentir segura aqui pra viver bem aqui dentro; dentro desse corpo. Não estou tentando me destruir, e eu tenho que falar pra vocês que eu estou me cuidando... Pelo menos faço o possível pra isso. Perdi uma consulta no cardiologista ontem, tinha um exame importante, mas acabei me esquecendo. Esqueço de tudo. Mas eu vou remarcar, promessa.
Sabem, está difícil-pra-caramba viver aqui na minha casa. Vieram conversar comigo hoje, minha madrinha, minha mãe. Meu pai passou pela gente, reclamou dos meus braços magros, dos meus dedos, das minhas mãos e foi embora rebatendo as minhas defesas. Minha mãe falou do meu rosto, falaram da minha bunda, da minha expressão. Questionaram os "métodos" que eu uso pra emagrecer. Tentaram me convencer a procurar um psicólogo. Nos atacamos um pouco, minhas primas estavam junto, ouvindo tudo... Quis chorar, mas me segurei. A minha mãe também.
O clima aqui está pesado. Não fico bem em casa, gostaria de estar em qualquer outro lugar. Como a minha mãe mencionou, meu pai e eu parecemos estranhos dentro de casa. Se trocamos duas palavras, batemos de frente e fica tudo uma merda. Minha mãe está estranha, tensa, dura. Não dá mais pra conversar com ela também. Minha madrinha estava intermediando toda a conversa, tentou ajudar, amenizar. Eu soube que a minha mãe dorme mal e acorda no meio da noite tentando entender o que está acontecendo comigo.
Me senti um lixo por isso.
Mas, como eu disse no começo do post, é externo. E eu me fecho dentro de mim e espero passar. "É só o vento lá fora". Vai ficar tudo bem.
Me recolho para o meu silêncio, a paz que eu conheço. Como o mínimo possível. Mio quando preciso.
Uma coisa certa. Meu controle. Está tudo bem.




P.S.: Aconteceu algo bom. Algo que me deixa feliz, um motivo pelo qual eu estava contente. Eu queria falar sobre isso, mas depois de hoje...



Não é só meu orgulho
É só até essas lágrimas secarem



-

12 comentários:

Anna* disse...

ah, eu lembro como minha mãe também falava da minha "cara de doente" quando eu tava com 50kg! por pior que fosse, com meus recentes 56kg a briga foi muito mais feia e COMIGO MESMA. tou tentando voltar ao meu peso antigo e emagrecer mais, até reabri o blog pra acompanhar meu emagrecimento.. procuro deixar todo mundo real de fora do meu emagrecimento... odeio palpite, odeio gente invejosa, odeio quem tenta me colocar pra baixo... tou fazendo isso por mim e só por mim e meu ideal de perfeição... beijos, flor! te linkei :*

Lola Diet disse...

Oii
é só o vento lá fora mesmo
mas se vc ta com 45k e 1,70m ja bem magra não ?
eu to muuitoo gigante,tenho uma amiga aki,q dá vergonha de fik perto dela d tão magra e delicada q ela é..
enfim
problemas na família são dureza mesmo... aqui em casa não tem mt isso,mas eles são contra meus métodos tb.
Dê tempo ao tempo,quem sabe vcs ficam bem ?
Bjs e força ♥

desconhecida disse...

oie amore
torço pra q o vento laá fora passe logo e venha a brisa suave te envolver...
torço sempre por vc
desculpe ter sumido daqui
:)
bjks

Nessie disse...

Sabe, quando li que praticamente toda a sua família veio falar com você meu deu um embrulho no estômago...uglly

Não de fome- rsrs -mais de "medo". Chego a suar quando minha mãe me chama a atenção por uma simples coisinha. Acho que se um dia ela tentar falar comigo sobre isso vou cair dura no chão de tanto nervosismo -.-'. Sou muito reservada...

Por isso te entendo...
Queremos só paz. Um lugar tranquilo pra encostar a cabeça e descansar...

Anorexic Girl disse...

Oi flor, to privatizando meu blog e queria continuar contando com seu apoio... Deixa um coment com seu email pra mim ou manda pra girlanorexic@yahoo.com.br para q eu possa enviar o convite pra vc continuar participando... Bjs

pró a&m disse...

tenta disfarçar,pra eles nao perceberem, comente sobre dietas 'saudaveis' perto deles pra tirar você da mira :) força linda! ah, apoio? http://mamamia-sodoi.zip.net/

Cata disse...

Não penses só nas coisas más. Se aconteceu alguma coisa boa tenta lembrar-te principalmente disso.Se é algo que te deixa feliz deves partilhá-lo também,assim como as coisas más,porque o teu blog deve também ter o seu lado positivo!
A minha mãe também chorou quando se apercebeu de tudo...Andava mesmo muito preocupada.Ainda anda claro.Eu até cheguei a pensar em recuar,mas ela já está a aceitar melhor tudo isto e anda mais calma. No entanto,nao digo isto para que deixes de dar ouvidos às outras pessoas! Se já atingiste o teu objectivo,deves parar.
Gostei do teu blog e já o estou a seguir! beijinhos!

Menina Super Poderosa disse...

E então, Barbie?! O que anda acontecendo... ainda com compulsão?! Relaxe. Precisa ficar saudável. SAUDÁVEL é diferente de magérrima. Beijos.

Gio.Voig disse...

Nossa . *-*
Gostei tanto daqui...
Bjks doces ♥
e mega FORÇA sempre!

Barb. disse...

ahh como eu queria morar sozinha... mas isso soa como covardia, fugir dos problemas... meu relacionamento com meu pai (se é que eu posso dizer que temos um relacionamento) é um lixo. Acho que desisti em mudar isso a um tempo, cansei. Não quero ligar mais pra coisas que me deixam triste, e que nunca vão mudar...

Dreamer disse...

AHHHHHH penso igual... obvio ne twinnn!

ahh POSTEII! HAHA MILAGREE!
eu sei como eh dificil td que cv ta passando.. omg =( QUERO IR EMBORAAAAAA! VAMOS FUGIR JUNTASS??

ainn te amo demaiss. to correndo aqui, sorry bebitaaaa!

TE QUIERO HASTA SIEMPREE!

;***

(●• LIA •●) disse...

Amoriii.

Espero que esteja bem!
Um enorme beijo!!

É tão difícil viver!