quarta-feira, 11 de agosto de 2010

I used to feel so strong,

Even when I said I was wrong, or that
I could not live in a magical world, because
it's time to grow. And I have to live
like them, I know everthing is wrong.






Semana passada eu estava toamando café da tarde com a minha família, inclusive algumas tias do Paraná. Minha prima levantou da mesa para pegar alguma coisa e minha tia disse:
- Todas elas teem corpinho de miss! Todas magrinhas e blábláblá.
Minha mãe concordou, quem estava na mesa também e eu fiquei muito quieta mastigando o meu pão, rezando para que não reparassem em mim ali.
- Mas quem engordou foi a Barbie, né? Deu uma engordadinha boa, né?
Quase morri. Continuei comendo, comi muito. Depois me esquivei até o banheiro e vomitei.

Tenho miado muito menos. MUITO menos mesmo. Não quero mais a Mia. Mas também não consigo comer pouco ainda. Sinto-me nojenta e desprezível, por isso evito vir até aqui postar.
Ultimamente ando tendo umas crises de tristeza, e tá tão foda que muita gente já veio me perguntar o que eu tenho.

Eu estudo numa faculdade pública, certo? Faço o curso que eu quero e imaginava que meus pais estivessem felizes por isso (pelo menos por isso)
Eis que ontem minha mãe diz que eu deveria fazer a prova do Enem e entrar numa "faculdade melhor". Desabei.
- Mãe, você só me critica!
- Não tô te criticando, tô falando que você pode estudar numa faculdade melhor.
- Eu gosto da minha faculdade. E gosto mais de lá do que daqui.

Tá tudo uma porcaria, eu queria ficar no meu quarto até isso passar, tá muito ruim, tudo tudo tudo está MUITO ruim e eu cansei.

Conversei com o meu namorado hoje, disse pra ele que acho idiota sempre ter tido a vontade de viver até os 100 anos. Hoje eu disse que quero morrer cedo. Ele se assustou, óbvio! Mas esses dias durante uma crise de choro eu pedi pra Deus me levar embora, eu não gosto de viver aqui.


Beijo, cuidem-se! Visito todas quando puder. Adoro vocês!





Mariana: Quase não entro no msn, no fake eu nunca entro. Mas vc tem o meu verdadeiro?

Obs: Alguém perguntou em outro post se eu ainda estou com 47kg. A resposta é "não". Estou muito longe disso.

-

17 comentários:

ly disse...

oi florzinha me identifico mto com vc

a minha saida para o sussegi em casa foi: trabcafiarme no quarto com a minha solidão.. a dpre aumenta a cada dia... mais ao menos a prssão familiar diminui

beijos

menina disse...

Família... Essas comparações são quase que inevitáveis e acabam conosco...

Eu sei bem como é isso de pedir para não acordar mais. É uma vontade de se render, mas não fazer isso com as proprias mãos...

Eu espero que as coisas melhorem pra você. gosto muito de ti.

<3

Filipa disse...

Oi :)
Eu também estou a tentar deixar a Mia...mas às vezes é tão difícil. Luta com todas as tuas forças! Tu vais conseguir sair desta! ;)
Quanto às comparações...ninguém está livre delas nos encontros com a família. Eu sou a única GORDA da casa e odeio quando me comparam às minhas irmãs magríssimas! Mas pronto...tenta não dar atenção a esses comentários, de certeza que és linda! :)
Beijinho

Filipa*

Marianna Menezes disse...

Oii Linda, que situação desagradável... Eu também estudo em faculdade pública, e acho que nós duas merecemos créditos por ter conseguido isso.

A sua mãe não entende isso, então linda termine seu curso, e mostre pra ela que vc consegue.

Fique magra e linda, e mostre pra essa sua tia que vc eh mais!

Bjo

Ahh, eu não tenho seu msn verdadeiro. Ficaria contente se vc me passasse.

Pandora's Box disse...

Vc não pode viver se comparando com as outras pessoas e nem se preocupar com as comparações que as pessoas fazem.
Vc tem que viver a sua vida para você, encontrar o seu próprio caminho de felicidade mesmo que seja algo que as pessoas não esperam.E dane-se.
Criticas sempre vão existir, nem Jesus agradou todos, imagina nós seres humanos. O negócio é abstrair e menosprezar.

Bjoss e seja forte ;**

Anna disse...

AI minha linda, isso tudo é foda..
não vou falar pra sorrir e tocar o barco pq nem eu estou querendo fazer isso..mas espero que continue tentando,se segure em alguma coisa e vamos ver no que dá..
beijos,se cuida.

TenTe Clarice disse...

Ei anjo, boa noite!

Adorei de verdade seu blog !

Se me permiti um conselho, não deixa de postar não. Escrever, desabafar, faz bem , alivia de alguma forma um pouco da angústia.

Bjus e um ótimo fim de semana pra ti, qq coisa, basta chamar! =*

(●• LIA •●) disse...

Pais!? Vai entende-los!
Se vc tivesse em um faculdade particular iria dizer: "Poxa bem que vc poderia ser tão inteligente com a filha de fulando de tal e passar num federal!"

É eu sei disso, pois já ouvir muito. Filho de fulando passou na federal... nossa que bom, que orgulho para os pais.

Agora estou a formar... estão até felizes... mas parece que falta algo para eles!? Putz!!

E sobre o comentárioo na mesa... aii que foda né!? Se vc tivesse magrinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa mais do que já é, iam criticar! Vai entender parentes! Por isso que nãOO, nãoO não gosto de parentes! Podem falar o que for. Dizer que sou egoísta...que vou precisar deles no futuro...que temos que amar o proximo blablabla.... mas eu nãOOO gosto!

É triste ler seu post. É muito dolorido. Da vontade de ficar no quarto esperando a morte chegar e ponto final.

Mas temos que viver neste mundo de hipocresia!

Espero que esteja melhor linda!

E nunca esqueço de ti!

Beijocas!

Bellatrix disse...

Olá querida. Sei que é facílimo falar e dificílimo fazer, mas sinto que o seu problema está em grande parte em dar atenção a esses seus familiares loucos. Se você estuda numa pública, manda a sua mãe para a m&rd@! Ela se formou em Oxford? Cambridge? Princeton? Não? Então, quem é ela para não reconhecer que você passou no vestibular de uma pública?? PeloamordeDeus, não deixe isso te abalar!
E a outra que falou que você engordou? Sim, você engordou mesmo, e ela, que sempre foi gorda - ou algum dia ela pesou 47kg? Assistiu aos próprios cabelos e unhas caindo? Ela sabe como é bom miar?
Também quero morrer, sabe. Me sinto uma condenada. O que quer que eu faça, jamais estará bom o bastante, é uma condenação. Além do mais, nunca tive coragem o bastante para cometer suicídio, coisa que eu já teria feito há milênios, se fosse menos covarde, se não tivesse tanto medo de sentir dor. Geralmente atravesso a rua sem olhar pra os lados. Infelizmente, ainda não dei sorte o bastante para alguém não frear a tempo. Seria tão bom se simplesmente acabasse, não?
Mas se for pra morrer, por favor, que não seja por gente desse nível - você pode amá-los, mas eles não merecem isso. E também não merecem o seu sangue, a sua fome, as suas miadas, a sua vida, não importa o quanto você goste deles.
Eu estou aqui transbordando de raiva pelos comentários dos seus familiares e te peço, por mais que você os ame, não os conceda o poder de te envenenar com essas palavras rudes.
Se Deus existir, que Ele tenha piedade de nós.

Descomedida disse...

Estou aqui, como sempre, lendo tudo.

Lovely disse...

Oi querida!
Sim... aqui é a "ke". Voltei ao nick antigo e mudei meu link de novo, mas isso eu expliquei lá no blog.

Quanto ao post.
Isso é fod* !
Váriaaaaaaaaas vezes já ouvi minha tia dizer : "K!!!! Vc deu uma engordadinha, tá melhor assim... blábláblá"
Grrrrrr. Isso me dá nos nervos e acaba não só com o meu dia, mas com a minha semana, com o mês inteiro - por essas e outras que odeio visitas.
Enfim. Conversei com o meu psiquiatra/terapeuta a respeito disso e ele me respondeu uma coisa que me fez pensar:
"Ela diz isso pensando que vai te agradar, mas acaba desagradando".
De fato, pensei que ele pode ter razão... afinal teve vezes que eu não tinha engordado porr* nenhuma!

Enfim.
Eu queria dizer para você não se deixar abalar, mas...
Eu sei que não importa o que eu diga, isso não vai te fazer sentir melhor, infelizmente. Isso já aconteceu comigo várias vezes e realmente não é fácil.
Não sei o que dizer. Mas sei que você é uma thinspo! Disso eu tenho certeza.

Melhoras, darling!
Beijinhos e boa semana.

Andie disse...

Você tem, acredito, o imc menor que o meu. Engordei 3 kg, mas ando tão ocupada que não vou foder minha vida por causa deles. Até pq meu dentista tá saindo os olhos da cara e os dentes da boca.

Viva muito. Muito mesmo. Recuse-se a muda de faculdade, recuse-se a querer deixar que esse mundo te leve embora.

Não me deixe sentindo a sua falta, princess.

=***

Deus... ok?

Mariana disse...

Essa coisa de comparação é uma das que mais detesto: Primeiro porque cada um "traz consigo uma genética", por mais similar que seja pelo parentesco, diferente. Segundo porque, com o tempo, cada pessoa vai desenvolvendo seus hábitos de vida e experiências pessoais que implicam na enorme diferença existente entre uns e outros, seja ela física ou mental. Por que então se cultiva o péssimo hábito de comparação de uns para com os outros? Aff... Mas o pior é que de tanto ouvir comentários assim, eu mesma terminei por adquirir esse mau costume de comparar-me quando estou sozinha com meus botões...
Mas sabe Barbie, aprenda a escutar as palavras que vão te acrescentar algo e não aquilo que vai te magoar e baixar sua auto-estima. Seja seletiva, não é fácil, entretanto, render-se a palavras desse teor dói ainda mais. Você não acha?
Em relação a faculdade pública, acho que você deve seguir em frente. Algumas escolhas somos nós quem fazemos, não os nossos pais. Até porque quem vai ir para lá todos os dias assistir às aulas e fazer tantas outras coisas é você! Ninguém mais.
Além do que, entrar numa faculdade pública nunca foi tão fácil assim, e está pior agora em "nossa época"... Seria bom que os seus pais reconhecessem o seu mérito!
E queira viver os seus 100 anos. Porque você é uma jovem que vale a pena viver bem mais do que essas décadas. Pelo seu esforço, pela sua bondade, pelo seu bonito coração. Que Deus não permita que você fique sem esperança. E que sua alegria seja renovada, assim você terá mais disposição para todas as lutas que ainda vai travar.
E também não se envergonhe. Você já está se superando muito. Não sabe quantas vezes eu vomitei ontem... (ops, penso já estar nos comparando, não é? mas é por uma boa razão!)
Canse, mas não desista de si mesma, de sua vida, ou dos seus parentes.
Tenho o seu contato verdadeiro sim, eu acho. Qualquer dia deixo e-mail. :)
Um bj

émmana disse...

Sigo eu tou blog à tanto tempo! E tenho de admitir que adoro, não sou ana nem mia, mas admiro imenso as pessoas que são. Agora que criei um blog pude vir comentar-te *-*
Espero que tudo melhore na tua vida.

..nandinha.. disse...

esquece sua familia, tem hora que nao ajuda em nada, se for pra te por pra baixo esquece msm viu.
melhoras pra vc querida
bjossss

Anônimo disse...

Oi, aqui é a Bellatrix... tenho passado aqui diariamente p/ ver se tenho notícias, c vc está a melhorar... mas nada. Então, gostaria q vc soubesse q me preocupo com vc e q estou aqui torcendo pelo seu bem
beijos e boa semana

Anônimo disse...

Quarta feira pela manhã coloque meio copo de agua , dentro dele o número de grãos de arroz correspondentes aos quilos que você deseja perder. Nao coloque grãos a mais do que você deseja,pois os quilos perdidos não são recuperados.
A noite beba a água deixando os grãos de arroz, completando novamente com meio copo de água. Quinta feira pela manhã em jejum beba a água deixando os grãos de arroz, complentando novamente com meio copo de água.
Sexta-feira pela manhã em jejum beba a água com os grãos de arroz junto.
Obs: 1- Conserve o mesmo copo durante o processo, 2- Não faça regime pois a simpatia é infalivel, 3- Tire o número de cópias correspondente aos quilos que deseja perder 4- Começe na quarta feira após distribuir as cópias, 5- Publique na mesma semana .
Boa Sorte